Com dois de Cristiano Ronaldo, Real volta a vencer na Liga dos Campeões

Com grandes chances de classificação após goleada, time merengue bate o Schalke mais uma vez

AE, Agência Estado

18 de março de 2014 | 18h53

MADRI - O Real Madrid entrou no Santiago Bernabéu, nesta terça-feira, praticamente classificado para as quartas de final da Liga dos Campeões, mas precisava confirmar a vaga em campo. Assim como havia sido na Alemanha, onde fez 6 a 1 sobre o Schalke 04, também na Espanha o time de Carlo Ancelotti não teve dificuldades, ganhando por 3 a 1.

Cristiano Ronaldo, mais uma vez, foi o destaque, marcando dois gols. Com isso, chegou a 13 na atual edição da Liga (em sete jogos), disparado na artilharia. Os recordistas de gols numa só temporada do torneio são o argentino Messi, o brasileiro Mazola e o holandês Ruud Van Nistelrooy, que marcaram 14 vezes numa única edição.

Com 242 gols em 236 jogos pelo Real Madrid, em cinco temporadas, Cristiano Ronaldo também se igualou ao húngaro Puskas como quarto maior artilheiro da história do clube. Fica atrás de Carlos Santillana (290 gols), Alfredo Di Stéfano (308) e Raúl González (323).

O JOGO 

Por conta da goleada no jogo de ida, Ancelotti poupou alguns titulares. O ataque, por exemplo, teve Ronaldo, Jesé e Morata. Mas, logo aos 2 minutos, Jesé sofreu falta dura de Kolasinac e saiu de campo com muitas dores no joelho direito. A suspeita inicial é de ruptura de ligamento. Bale entrou no lugar dele.

Já Morata não começou bem o jogo, perdendo dois gols. Num, furou na pequena área, de frente para a trave. No outro, saiu na cara de Fahrmann, depois de passe de calcanhar de Cristiano Ronaldo, mas mandou em cima do goleiro.

Se o garoto de 21 anos não correspondia, Cristiano Ronaldo resolveu. No primeiro gol, aos 21 minutos, ele recebeu cruzamento rasteiro da Bale e, como centroavante, mandou para dentro. Ainda no primeiro tempo, aos 31, Hoogland arriscou de longe, a bola desviou na zaga e enganou Casillas, que ficou batido no lance.

Para fazer o segundo, aos 29 do segundo tempo, o português pegou a bola praticamente no meio-campo, carregou ela em contra-ataque até dentro de área e bateu rasteiro para fazer o segundo. Só na atual edição da Liga dos Campeões já são 13 gols em sete jogos. Em nenhum o craque passou em branco.

Para fechar o placar no Bernabéu, Morata perdeu novamente na cara do goleiro. No rebote, com o gol livre, Cristiano Ronaldo mandou no travessão. Bale pegou o rebote e rolou de volta para Morata, que aí não perdeu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.