Marcos de Paula/Estadão
Marcos de Paula/Estadão

Com dois de Gabriel, Flamengo supera o Inter no Rio

Derrota é um péssimo resultado para o time gaúcho, que deixa o G-4; cariocas se afastam da zona do rebaixamento

Ronald Lincoln Jr., O Estado de S. Paulo

22 de outubro de 2014 | 21h55

Com gols do meia Gabriel, o Flamengo venceu o Internacional por 2 a 0, nesta quarta-feira, no estádio do Maracanã, no Rio, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro. A derrota foi um péssimo resultado para o time gaúcho, que deixou o G-4. Já o clube rubro-negro chegou a 40 pontos e se afastou ainda mais da zona de rebaixamento.

Após ficar afastado do time por um tempo, Gabriel está se destacando sob o comando de Vanderlei Luxemburgo nas últimas rodadas. O meia tem feito gols importantes para a equipe carioca e foi fundamental nesta vitória. "Essa minha fase é fruto de muito trabalho. Eu sou bom profissional, me dedico. Momentos ruins acontecem. Estou procurando aproveitar esse momento da melhor maneira", disse o meia depois da partida.

O time da casa começou o jogo apresentando mais iniciativa de ataque, tentando controlar a posse de bola e com a marcação adiantada. Contudo, tinha dificuldade para encaixar boas jogadas. O Internacional, por sua vez, iniciou recuado em seu campo, mas aproveitou alguns contra-ataques e teve as melhores oportunidades. A melhor delas foi de Nilmar, que invadiu a área livre, bateu e obrigou o goleiro Paulo Victor a fazer uma grande defesa.

No decorrer da primeira etapa, os dois times diminuíram o ritmo de ataque e a partida perdeu a qualidade. Havia poucas finalizações e sobravam erros de passe.

O Flamengo voltou do intervalo impondo pressão. Aos 8 minutos, após tabela de Gabriel e Léo Moura, Eduardo da Silva chutou livre na área e o goleiro Alisson salvou a meta colorada. O Internacional não causava risco à defesa rubro-negra. E os erros persistiam.

Incomodado com a ineficiência ofensiva de seu time, Vanderlei Luxemburgo substituiu Eduardo da Silva e Everton por Nixon e Elton, respectivamente. As mudanças surtiram efeito. Ambos participaram do contra-ataque que culminou no gol do Flamengo, de Gabriel, aos 24 minutos.

Em desvantagem, o time gaúcho se lançou ao ataque. Por pouco não empatou após um cruzamento, que Paulo Victor rebateu na área, para Nilmar desperdiçar. As subidas coloradas deram brechas para contragolpes rubro-negros. Em um deles, nos acréscimos, Gabriel pegou uma sobra fora da área e bateu forte para matar o jogo.

Get Adobe Flash player
FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 x 0 INTERNACIONAL

FLAMENGO -

Paulo Victor; Léo Moura, Chicão, Samir e João Paulo; Cáceres, Marcio Araújo (Luiz Antônio) e Canteros; Everton (Elton), Gabriel e Eduardo da Silva (Nixon). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

INTERNACIONAL - Alisson; Wellington Silva (Valdívia), Alan Costa, Ernando e Fabrício; Aránguiz, Willians e Alex (Rafael Moura); Jorge Henrique (Wellington Paulista), Alan Patrick e Nilmar. Técnico: Abel Braga.

GOLS - Gabriel, aos 8 e aos 45 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Chicão e João Paulo (Flamengo); Wellington Silva (Internacional).

ÁRBITRO - Thiago Duarte Peixoto (SP).

RENDA - R$ 644.705,00.

PÚBLICO - 18.898 pagantes (21.855 no total).

LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFlamengoInter

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.