Francois Lo Presti/AFP
Francois Lo Presti/AFP

Com dois de Mbappé, PSG vence time da quinta divisão e avança na Copa da França

Na segunda fase, o time de enfrentará o Vannes, da quarta divisão francesa

Redação, Estadão Conteúdo

19 de dezembro de 2021 | 20h08

O Paris Saint-Germain estreou com vitória na Copa da França. Sem Neymar, lesionado, e Lionel Messi, poupado, Mbappé assumiu o protagonismo e liderou o time de Paris na vitória por 3 a 0 sobre o Feignies-Aulnoye, da quinta divisão do Campeonato Francês, neste domingo, no estádio Hainaut.

Na segunda fase, o PSG enfrentará o Vannes, da quarta divisão francesa, que eliminou o Wasquehal por 4 a 0. Os confrontos da Segunda Fase da competição acontecerão entre os dias 2 e 3 de janeiro.

Maior campeão do torneio, com 14 títulos conquistados, o PSG iniciou a sua busca por mais uma conquista com boa parte do time titular poupado, destaque para Xavi Simons, de apenas 18 anos, que fez sua estreia entre os 11.

Em campo, o PSG não teve qualquer dificuldade para dominar o adversário e construir uma vitória segura. Logo aos 11 minutos, Icardi chegou a marcar, mas o lance foi anulado. O atacante estava em posição de impedimento.

Aos 16 minutos, o PSG abriu o placar em cobrança de pênalti de Mbappé. Em nova cobrança da marca da cal, Icardi fez 2 a 0 ainda na etapa inicial. O argentino havia perdido um gol incrível um pouco antes de se redimir.

Mbappé definiu o placar logo no começo da etapa final, quando recebeu belo passe de Dagba e empurrou para o gol. Com uma larga vantagem, o PSG apenas administrou o resultado, claramente se poupando, para confirmar a vitória na estreia da competição.

Os times da primeira divisão da França tiveram um bom aproveitamento neste domingo, com destaque para a vitória do Olympique de Marselha por 4 a 1 frente ao Cannet Rocheville e do Monaco por 2 a 0 sobre o Red Star. Uma das sensações do Francês, o Nice fez o básico para vencer o Cholet por 1 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.