Bruno Cantini|Atlético-MG|Divulgação
Bruno Cantini|Atlético-MG|Divulgação

Com dois gols de Fred, Atlético vence Democrata-GV e segue 100% no Mineiro

Com vitória por 3 a 2, time soma cinco pontos de vantagem na ponta da tabela

Estadao Conteudo

25 Fevereiro 2017 | 19h34

O Atlético encontrou dificuldades, especialmente no segundo tempo, mas conseguiu manter 100% de aproveitamento no Campeonato Mineiro graças aos seus dois centroavantes. Com gols de Fred, que marcou duas vezes, e Rafael Moura, o time superou o Democrata por 3 a 2, em Governador Valadares, no Estádio Mammoud Abbas, pela quinta rodada.

O triunfo neste sábado deixou o Atlético com 15 pontos e uma vantagem de cinco para o Cruzeiro, que só vai jogar nesta rodada na próxima quinta-feira. Já o Democrata soma apenas quatro pontos, na décima colocação, brigando contra o rebaixamento no Campeonato Mineiro.

O duelo com o Democrata foi o primeiro de Robinho como titular do Atlético em 2017, após se recuperar de uma lesão nas costas, sofrida quando estava na seleção brasileira. E o atacante teve participação direta no primeiro gol da partida, quando o seu time já tinha controle total do duelo.

Foi aos 19 minutos, quando Robinho cruzou da esquerda para Fred cabecear às redes, colocando o Atlético em vantagem. E o time seguiu bem superior no primeiro tempo, ainda que criando poucas oportunidades, pois finalizava pouco e ainda sofria com o calor em Governador Valadares.

Só que o Democrata cresceu na segunda etapa. Em desvantagem, mudou a sua postura desde o início da etapa final e criou chances até empatar o jogo aos 16 minutos. Na jogada, Alan Silva ganhou disputa na intermediária e lançou Márcio Diogo, que entrou na área e finalizou no canto da meta defendida por Giovanni.

Nesse momento, o Atlético já não tinha Robinho em campo. E com a baixa produção ofensiva do time, o técnico Roger Machado optou por apostar em um time com dois centroavantes, promovendo a entrada de Rafael Moura. A estratégia acabou dando certo.

Aos 31 minutos, após cobrança de escanteio, Rafael Moura cabeceou forte e a bola só não entrou porque parou no peito de Alan Silva em cima da linha. Só que o centroavante voou para a bola e escorou para a rede, recolocando o Atlético em vantagem.

E o Atlético voltou a marcar aos 38 minutos após uma linda jogada. Dessa vez, Rafael Moura tabelou com Cazares e passou para Fred, que aplicou um chapéu no seu marcador e finalizou no canto, sem deixar a bola cair, chegando aos sete no Campeonato Mineiro, na artilharia disparada do torneio.

Antes do fim, aos 43 minutos, Esquerdinha foi lançado livre e, na grande área, diminuiu para o Democrata. Mas não foi suficiente para evitar mais uma vitória do Atlético. Agora, na próxima quarta-feira, o time vai visitar a Chapecoense, na Arena Condá, pela Copa da Primeira Liga.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.