Com dois gols de Higuaín, Napoli bate Internazionale e assume liderança na Itália

O Campeonato Italiano tem um novo líder. Nesta segunda-feira, em um jogo nervoso e com um final eletrizante, o Napoli derrotou a Internazionale por 2 a 1, no estádio San Paolo, em Nápoles, e assumiu a liderança isolada da competição ao término da 14.ª rodada. Os gols napolitanos foram marcados pelo centroavante argentino Gonzalo Higuaín, artilheiro isolado com 12, e o goleiro espanhol Pepe Reina foi o destaque no último lance com uma grande defesa que garantiu a vitória.

Estadão Conteúdo

30 de novembro de 2015 | 20h30

Com 31 pontos, o Napoli ultrapassou a Internazionale, que ficou com 30. Logo atrás com 29 está a Fiorentina, que mais cedo perdeu a chance de seguir na cola dos napolitanos ao empatar com o Sassuolo por 1 a 1, fora de casa. Um pouco mais distante estão Roma, com 27 pontos, a atual tetracampeã Juventus, em recuperação com 24, e Sassuolo e Milan, com 23 cada.

A partida no estádio San Paolo começou a mil por hora e logo no primeiro minuto o Napoli saiu na frente no placar. Após jogada pela esquerda, a bola chegou para Callejón na entrada da área. O espanhol dominou e a deixou para Higuaín, que se movimentou para a direita e acertou um forte chute à meia altura, sem defesa para o goleiro Handanovic.

A vantagem no placar deu a tranquilidade necessária para o Napoli fazer o que gosta em campo nesta temporada de estreia do técnico Maurizio Sarri: ter a posse de bola e tocá-la até achar algum espaço para atacar. Poucas chances de gol foram criadas pelos napolitanos, mas a defesa bem postada impediu uma pressão da Internazionale, que só assustou em um chute de fora da área do colombiano Guarín.

Pouco antes do intervalo, o ala esquerdo japonês Nagatomo foi expulso por falta no brasileiro Alan e deixou a equipe de Milão com um jogador a menos. Esta diferença numérica em campo refletiu no início do segundo tempo. Aos 17 minutos, Higuaín aproveitou um descuido da zaga da Internazionale e, após ganhar a jogada do brasileiro Miranda e do colombiano Murillo, chutou cruzado no canto direito de Handanovic para fazer 2 a 0.

Mesmo com um a menos, a Internazionale não esmoreceu e foi para cima. Aos 22 minutos, Ljajic aproveitou bem uma rebatida na entrada da área do Napoli e acertou um belo chute rasteiro no canto esquerdo de Reina para diminuir o placar e colocar pressão em busca do empate.

Até o final, com os jogadores já exaustos, o Napoli buscava um contra-ataque mortal para definir a vitória, mas ele não veio. Quem teve a chance de marcar mesmo foi a Internazionale em dois lances incríveis já aos 48 minutos. No primeiro, após cruzamento da direita, Jovetic cabeceou livre da marca do pênalti e a bola bateu na trave esquerda de Reina. Na sequência, em nova jogada da direita, Miranda tocou de cabeça para o canto direito e o goleiro do Napoli conseguiu espalmar com as pontas do dedo de forma suficiente para fazer a bola bater na trave direita e sair. Fim de jogo em seguida e festa napolitana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.