Etienne Laurent/EFE
Etienne Laurent/EFE

Com dois gols de Lucas, PSG bate o Bordeaux por 3 a 0

Equipe de Paris fica quatro pontos atrás do líder Olympique de Marselha, que enfrenta o Lyon neste domingo, fora de casa

Estadão Conteúdo

25 de outubro de 2014 | 15h35

Na sua luta pelo tri no Campeonato Francês, o Paris Saint-Germain conseguiu um importante resultado neste sábado ao derrotar o Bordeaux por 3 a 0, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris, pela 11.ª rodada da competição. O atacante brasileiro Lucas, ex-São Paulo, foi o destaque com dois gols de pênalti, um em cada tempo. E isso na semana em que voltou a ser convocado para a seleção brasileira, agora comandada pelo técnico Dunga.

Ainda sem perder na temporada - nem mesmo na Liga dos Campeões da Europa -, o Paris Saint-Germain ainda lamenta a grande quantidade de empates para não estar na liderança do Campeonato Francês. Esta foi a quinta vitória na competição, mas os seis empates em 11 jogos o deixam na segunda colocação com 21 pontos, quatro atrás do histórico rival Olympique de Marselha, que faz grande campanha sob o comando do argentino Marcelo Bielsa e joga neste domingo contra o Lyon como visitante.

Em campo, o jogo foi muito nervoso no primeiro tempo. Prova disso foram duas expulsões ainda antes do intervalo. Aos 26 minutos, Van der Wiel deixou o Paris Saint-Germain com um a menos após falta dura. Dez minutos depois, tudo igual com o cartão vermelho de Poko. Até o final da etapa, o time da casa pressionou e conseguiu um pênalti aos 46, convertido por Lucas com um chute colocado no canto esquerdo de Carrasso.

Mesmo sem o sueco Ibrahimovic, machucado, e o uruguaio Cavani, suspenso, o Paris Saint-Germain não perdeu a sua força ofensiva. Logo aos cinco minutos, Lucas foi derrubado dentro da área e novo pênalti marcado. O brasileiro assumiu a responsabilidade novamente e bateu no canto direito do goleiro do Bordeaux, que quase conseguiu espalmar a bola.

Com a vantagem de 2 a 0 no placar, o Paris Saint-Germain cadenciou o jogo e não permitiu qualquer reação do adversário. Aos 35 minutos, em um ataque bem armado, fez o terceiro. Matuidi cruzou pela esquerda e o argentino Lavezzi se antecipou para tocar na bola, que ainda desviou em um defensor e entrou no canto direito de Carrasso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.