Com dois gols de pênalti, Cristiano Ronaldo coloca Real Madrid na final

Time supera Atlético de Madrid pelo placar agregado de 5 a 0 e espera Barcelona ou Real Sociedad

Agência Estado

11 de fevereiro de 2014 | 20h08

MADRI - O Real Madrid é o primeiro finalista da Copa do Rei. Nesta terça-feira, a equipe de Carlo Ancelotti contou com dois pênaltis - ambos bem marcados, bom ressaltar - para vencer o clássico contra o Atlético de Madrid, em pleno Vicente Calderón, por 2 a 0. Na decisão, pode encontrar outro rival: o Barcelona, que tem 2 a 0 de vantagem contra a Real Sociedad, adversário desta quarta, fora de casa.

No clássico madrilenho de ida, quarta-feira passada, o Real Madrid já havia vencido por 3 a 0, o que permitia à equipe jogar com ampla vantagem nesta tarde na casa do rival. Assim, o duelo praticamente acabou depois que os visitantes abriram 2 a 0 com apenas 16 minutos de partida, exigindo que o Atlético fizesse seis.

Se na temporada passada o Atlético venceu a decisão contra o Real e quebrou um tabu de 14 anos sem vencer o rival, neste ano não houve nada o que se fazer. Nesta quarta, logo aos 5 minutos, Javi Manquillo atropelou Cristiano Ronaldo na área, sem nenhuma necessidade. O português bateu no canto direito, Aranzubia até acertou o lado, mas não pegou.

Depois, aos 16, foi Insúa quem cometeu o pênalti, derrubando Bale na área, depois de chegar atrasado no carrinho. Novamente Cristiano Ronaldo bateu do lado direito do goleiro, desta vez mais rasteiro, Aranzubia de novo caiu para o canto certo, mas passou longe de conseguir a defesa.

Na saída para o intervalo, um isqueiro foi atirado pela torcida do Atlético de Madrid. Mesmo assim, ele voltou ligado no segundo tempo e quase fez o terceiro aos 27 minutos. Aranzubia salvou.

Do lado do Atlético de Madrid, grande preocupação com Manquillo, que sofreu uma queda feia, de costas, com a cabeça virada para trás, e foi levado ao hospital com suspeita de lesão cervical. Diego começou como titular, rendeu pouco, e saiu no intervalo. Diego Costa, suspenso, não jogou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.