Fabio Wosniak/Athletico.com.br
Fabio Wosniak/Athletico.com.br

Com dois gols de Terans, Athletico-PR derrota Avaí em casa pelo Brasileirão

Equipe paranaense é décima segunda colocada na tabela; Catarinenses são os décimos

Redação, Estadão Conteúdo

22 de maio de 2022 | 21h32

Com dois gols de Terans, o Athletico-PR venceu o Avaí por 2 a 1, neste domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba. A partida, válida pela sétima rodada do Brasileirão, foi marcada por um lance inusitado no gol do Avaí, que precisou de dois pênaltis seguidos para diminuir a vantagem dos anfitriões.

Nos primeiros momentos do segundo tempo, Willian Pottker cobrou pênalti com cavadinha e o goleiro Bento fez a defesa. Na sobra, o próprio Pottker foi derrubado por Khellven, o que provocou novo pênalti. Sem a displicência da primeira cobrança, Pottker bateu forte e fez o gol dos catarinenses, aos cinco minutos.

Mas, àquela altura, o Athletico já tinha marcado dois gols no primeiro tempo, ambos com Terans, um deles de pênalti. A vitória deixou o time paranaense na 12ª posição, com nove pontos. O Avaí, com 10 pontos, é o décimo colocado.

O primeiro tempo começou com predomínio do Athletico. Impulsionado pela torcida, os donos da casa tiveram mais volume sobre o adversário. A primeira chance de perigo aconteceu aos 22 minutos. Abner lançou Terans que bateu de primeira, a bola pegou na mão de Arthur Chaves na jogada. O árbitro recorreu ao VAR e confirmou o pênalti. O próprio Terans bateu e abriu o placar para o Athletico-PR: 1 a 0.

Os anfitriões mantiveram um ritmo forte para tentar aumentar a vantagem. As bolas paradas eram jogadas importantes e levavam perigo para os catarinenses. Passado o momento de pressão, o Avaí foi se soltando um pouco mais. Dentinho teve boa oportunidade que parou nas mãos do goleiro Bento. Na reta final do primeiro tempo, aos 43 minutos novamente Terans fez para o Athletico-PR. Ele recebeu assistência de Cuello e bateu cruzado, 2 a 0.

A etapa final começou com pressão do Avaí. Dois minutos de jogo e Hugo Moura cometeu pênalti em Dentinho. O atacante Willian Pottker cobrou com cavadinha e o goleiro Bento fez a defesa. Na sobra, praticamente no mesmo lance, Pottker sofreu novo pênalti, cometido por Khellven. Cheio de personalidade, o artilheiro bateu bem e converteu para o Avaí, 2 a 1.

Em desvantagem, o Avaí tentou buscar a reação, mas o Athletico permaneceu consistente no setor defensivo e segurou a vitória. Até poderia marcar outros gols, se forçasse mais suas investidas ao ataque.

As duas equipes voltam a jogar pelo Brasileirão no próximo domingo. O Athletico enfrenta o Cuiabá, fora de casa. O Avaí também joga longe dos seus domínios, contra o Atlético-MG em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA:

ATLHETICO-PR 2 X 1 AVAÍ

ATHLETICO-PR - Bento; Khellven, Pedro Henrique (Matheus Felipe), Nicolas Hernandez e Abner Vinícius; Hugo Moura (Pablo Siles), Christian (Erick) e Terans (Matheus Fernandes); Canobbio, Pablo e Cuello. Técnico: Luís Felipe Scolari.

AVAÍ - Douglas Friedrich; Kevin, Rodrigo Freitas, Arthur Chaves e Bruno Cortez; Raniele (Marcinho), Eduardo (Matheus Galdezani) e Bruno Silva; Morato (Copete), Dentinho (Vitinho) e Willian Pottker (Rômulo). Técnico: Eduardo Barroca.

GOLS - Terans (pênalti), aos 24 e aos 43 minutos do primeiro tempo. Willian Pottker (pênalti), aos 5 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Dentinho, Arthur Chaves, Copete, Matheus Galdezani (Avaí); Hugo Moura, Abner Vinícius (Athletico-PR).

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza (SP).

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 16.872 pagantes.

LOCAL - Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.