Com dor de estômago, Marcos não treina

Marcos faria hoje seu primeiro treino coletivo como titular sob o comando de Emerson Leão. Faria. Quando o treinamento estava para começar e todos os jogadores já estavam a postos, o goleiro chamou o médico Vinícius Martins. ?Estou com dor de estômago. Não dá para treinar, não?, disse Marcos. O goleiro foi o segundo jogador do Palmeiras a ficar fora de um treino por causa de dores estomacais esta semana. O primeiro havia sido o zagueiro Leonardo Silva, quinta-feira. ?Não dá para saber ainda o que é. Está havendo um surto. Vi várias crianças com problemas estomacais nos últimos dias?, disse o médico. O técnico Leão tratou com bom humor o caso envolvendo Marcos. ?Ele treinaria como titular, o que não significa que ele se tornaria titular. Vamos esperar que ele não tenha mais esse tipo de problema.? Leão considera a disputa entre Marcos e Sérgio ?saudável? para a equipe. O técnico classifica Marcos como um dos melhores goleiros da atualidade e um dos maiores da história do Palmeiras. ?O Oberdan foi o melhor na década dele (anos 40), eu fui o melhor na minha década (anos 70), o Marcos é o melhor no período dele?, compara Leão. Para o treinador, ?a volta de Marcos ao time titular é algo que deve acontecer naturalmente, com o tempo, sem atropelos?. Diego Souza - Hoje, Leão fez vários experimentos na equipe. Iniciou o coletivo com os meias Cristian e Diego Souza como titulares, deixando Pedrinho e Juninho na equipe reserva. Na segunda parte do coletivo, ele inverteu: deixou Cristian e Diego no time de baixo e voltou a escalar Pedrinho e Juninho entre os titulares. Dos quatro, quem mais agradou ao treinador foi Diego Souza. O meia tem boas chances de jogar contra o Coritiba, quinta-feira, no Palestra Itália, na volta do Campeonato Brasileiro. ?O Diego foi muito bem, se movimentou muito bem. Estou preparando o Diego para ser um bom jogador de futebol novamente?, elogiou Leão. Quem também agradou foram dois jovens atacantes chamados para completar o coletivo: Paulinho, do time B, e Alex, da equipe juvenil. ?Eles sabem que se treinarem bem vão ficar (nos profissionais)?, disse Leão, lembrando os casos recentes do lateral-esquerdo Michael e do atacante Cláudio, que já foi até convocado para a Seleção Brasileira Sub-17. Michael, porém, já perdeu a posição para Fabiano. Na lateral direita, a disputa também é boa entre Corrêa e Baiano ? hoje, cada um treinou um tempo como titular. No ataque, sem Gioino e Warley, que estavam machucados e só voltam amanhã, Washington foi o titular. Na zaga, sem Gamarra, que está na seleção paraguaia, revezaram-se Leonardo Silva e Gláuber.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.