Divulgação/Wallace Teixeira/Vipcomm - 11/2/2010
Divulgação/Wallace Teixeira/Vipcomm - 11/2/2010

Com dores, Deco é vetado e desfalca o Fluminense

Afastado desde o dia 10 de outubro, jogador continuará os exercícios para o fortalecimento muscular

AE, Agência Estado

27 de outubro de 2010 | 18h50

Ainda com dores na coxa direita, o meia Deco foi vetado pelos médicos do Fluminense e não joga nesta quinta-feira, contra o Grêmio, no Engenhão, pela 32.ª rodada do Brasileirão. Ele está afastado do time desde o dia 10 de outubro, quando sofreu um estiramento muscular.

Na última segunda-feira, Deco foi liberado pelos médicos e voltou a treinar, com esperança de jogar na quinta. Mas, durante o treinamento de terça, ele sentiu dores na coxa direita. Apesar de o exame não ter apontado nenhuma lesão no local, a decisão foi poupá-lo do jogo.

Assim, Deco fez apenas fisioterapia nesta quarta-feira, realizando um trabalho de fortalecimento muscular, e não treinou no campo com os companheiros. Agora, a expectativa é de que ele possa voltar na próxima rodada, dia 3 de novembro, contra o Internacional.

Sem poder contar com Deco, o técnico Muricy Ramalho deve promover a entrada do lateral Júlio César no meio-de-campo, para jogar ao lado de Fernando Bob, Diguinho, Marquinho e Conca. Enquanto isso, Washington seria o único atacante do time do Fluminense.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFluminenseDeco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.