Robson Fernandjes/AE
Robson Fernandjes/AE

Com dores, Jorge Henrique vira dúvida para segundo jogo

Atacante do Corinthians sentiu a coxa direita e pode ficar de fora do último jogo da Copa Libertadores, no dia 4

FÁBIO HECICO E RAPHAEL RAMOS, enviados especiais, estadão.com.br

28 de junho de 2012 | 00h29

BUENOS AIRES - O técnico Tite, do Corinthians, poderá ficar sem Jorge Henrique para o segundo jogo da final da Copa Libertadores, na próxima quarta-feira, no Pacaembu. O atacante sentiu dores na coxa direita nesta quarta e precisou deixar o gramado ainda no primeiro tempo da partida disputada no Estádio de La Bombonera, em Buenos Aires.

"Senti uma fisgada e preferi sair, para não deixar a contusão se agravar", disse o atleta, ao deixar o campo mais cedo. Ele foi substituído por Liedson, aos 39 minutos, após se chocar com o atacante Santiago Silva.

Ele sofreu fora de campo durante toda a etapa final e espera que as dores não o afastem da partida de volta no Pacaembu, na próxima quarta. "É duro ficar fora, pois a gente espera tanto por esse momento. Mas agora vou tratar e ver se me recupero, para tentar entrar inteiro na partida de volta em São Paulo".

A contusão de Jorge Henrique deve fazer Tite redobrar os cuidados com seus titulares até o jogo de volta, na quarta-feira. Uma das providências deve ser a de dar descanso extra para os mais exaustos com a viagem.

Sem compromisso neste fim de semana pelo Campeonato Brasileiro - a CBF acatou o pedido do clube e adiou seu jogo desta rodada -, Tite poderá trabalhar com tempo para recuperar os atletas para o jogo decisivo da semana que vem. Há tempo, inclusive, para recuperar Jorge Henrique para a final no Pacaembu, uma vez que o atacante é peça-chave do esquema tático.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.