Ian Langsdon/EFE
Ian Langsdon/EFE

Com dores na coxa, Neymar desfalcará PSG neste sábado em duelo do Francês

Atacante foi poupado do treino de quinta-feira, o que fez o técnico Unai Emery preferir poupá-lo

Estadão Conteúdo

03 Novembro 2017 | 14h10

O brasileiro Neymar se tornou desfalque de última hora do Paris Saint-Germain para o jogo contra o Angers, neste sábado, fora de casa, pela 12ª rodada do Campeonato Francês. O atacante ficou fora da lista de relacionados para o confronto após reclamar de dores na coxa esquerda, em problema acusado inicialmente pelo jogador na última terça durante a goleada por 5 a 0 sobre o Anderlecht, na capital francesa, onde marcou um dos gols da equipe no triunfo que garantiu ao clube a vaga por antecipação nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa.

+ Neymar marca, lateral faz 3 e PSG goleia

Por causa das dores, Neymar já havia sido poupado do treino da última quinta-feira, mas chegou a trabalhar no campo com os seus companheiros em atividade nesta sexta. Porém, o técnico Unai Emery revelou que optou por deixar o astro fora deste confronto de sábado por precaução.

"Neymar recebeu uma pancada. Treinou nesta manhã, mas não se sentiu bem. Depois de conversar com ele, decidimos que era melhor que ficasse em Paris", afirmou o comandante em entrevista coletiva nesta sexta-feira.

Sem Neymar nesta partida que começa às 14 horas (de Brasília) deste sábado, Emery poderá promover a entrada do argentino Pastore como substituto no ataque. Outros dois jogadores que ficarão fora deste confronto serão o zagueiro brasileiro Marquinhos e o meia-atacante argentino Di María, que estão prestes a virarem papais e foram liberados por Emery para ficarem com suas esposas.

O PSG é o líder isolado do Campeonato Francês, com 29 pontos, cinco à frente do vice-líder Monaco, que em outra partida deste sábado enfrenta o Guingamp, em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.