Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Com dores no quadril, Cássio deixa treino da seleção antes do fim

Goleiro do Corinthians saiu do campo acompanhado do médicos Rodrigo Lasmar e Felipe Kalil e do fisioterapeuta Caio Melo

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

23 de junho de 2019 | 18h54

O goleiro Cássio deixou o treinamento da seleção brasileira neste domingo sentindo dores na região do quadril. O jogador do Corinthians deixou o gramado do CT do São Paulo, na Barra Funda, acompanhado do médicos Rodrigo Lasmar e Felipe Kalil e do fisioterapeuta Caio Melo antes do final das atividades. A comissão técnica ainda não divulgou informações sobre a realização de exames.

Cássio sentiu o problema durante o treinamento dos reservas, o primeiro após a goleada sobre o Peru por 5 a 0, na Arena Corinthians, no sábado. Por causa da lesão de Cássio, o titular Alisson foi chamado para participar da atividade. Os titulares fizeram apenas exercícios regenerativos na parte interna do CT.

Cássio é o segundo goleiro com problemas físicos durante a preparação para a Copa América. O goleiro Ederson se recuperou de uma lesão na panturrilha direita e foi liberado pelo departamento médico apenas para a partida diante Venezuela, em Salvador, na última terça-feira. Ele ficou fora da estreia diante da Bolívia.

O treino deste domingo à tarde foi a última atividade antes de a seleção viajar para Porto Alegre, o que acontece à noite. Na quinta-feira, às 21h30, o Brasil entra em campo pelas quartas de final da Copa América. O adversário ainda não está definido.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.