Nilton Fukuda/AE
Nilton Fukuda/AE

Com dúvida na lateral direita, Emerson Leão fecha treino do São Paulo

Depois da atividade, os jogadores mantiveram o mistério e não deram dicas de quem será escalado

AE, Agência Estado

15 de fevereiro de 2012 | 11h02

SÃO PAULO - O treino do São Paulo na manhã desta quarta-feira foi marcado pelo mistério. Com desfalques na lateral direita, o técnico Emerson Leão decidiu impedir a presença da imprensa durante a atividade e manteve a dúvida sobre quem será escalado na partida diante do Paulista, nesta quinta-feira, às 19h30, no Morumbi, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

O treinador não contará com a presença do titular Piris, que está lesionado. O zagueiro João Filipe e o volante Wellington, que poderiam ser improvisados, também estão fora, suspensos. Assim, Leão optou pelo zagueiro Luiz Eduardo na posição no treino da última terça, mas não confirmou sua presença em campo nesta quinta.

Depois da atividade, os jogadores mantiveram o mistério adotado por Leão e não deram dicas de quem será escalado. "Cada um que está no São Paulo tem sua responsabilidade. Se ele (Leão) improvisar um jogador, com certeza ele vai dar o máximo para poder ajudar o time", afirmou o lateral-esquerdo Cortez.

O técnico são-paulino ainda tem outra dúvida para armar a equipe. Com a suspensão de Wellington, abriu-se uma vaga no meio de campo da equipe. No entanto, este problema parece estar mais próximo de ser solucionado, já que Denilson ocupou a posição na última terça e deve ser confirmado como titular.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.