Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Com dúvida no ataque, Flamengo poupa trio para duelo com Atlético-PR

Mauricio Barbieri não terá Henrique Dourado, suspenso, e não sabe se contará com o colombiano Uribe

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

19 Agosto 2018 | 06h06

Envolvido em três competições e vindo de um jogo duro diante do Grêmio pela Copa do Brasil no meio de semana, o Flamengo vai poupar alguns titulares para encarar o Atlético-PR às 11 horas deste domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba. Diego Alves, Réver e Diego não viajaram com o grupo para Curitiba. Além disso, o técnico Maurício Barbieri tem dúvida no ataque, já que Henrique Dourado está suspenso.

A opção natural para a posição seria o colombiano Uribe, mas o jogador saiu do treino de sexta-feira mancando e ainda será avaliado. Caso não tenha condições de jogo, o jovem Lincoln deverá ser escalado.

Diego Alves, Réver e Diego será poupados em razão do desgaste físico. César deve assumir o gol. Na zaga, Matheus Tuller e Juan brigam pela vaga de Réver. E, no meio-campo, Willian Arão deve ser a opção do treinador.

Vice-líder do Brasileirão, o Flamengo quer vencer o Atlético-PR, vice-lanterna, para tentar retomar a ponta. "Brigar por mais de uma competição é sempre difícil, mas estamos dispostos a brigar pelo resultado positivo em todas as competições. O Flamengo quer sempre vencer. O São Paulo vai fazer a parte dele e nós, a nossa", disse o meia Lucas Paquetá, citando o líder do Brasileirão, que recebe a Chapecoense.

Contra os paranaenses, o time carioca tentará quebrar um tabu histórico: o Flamengo nunca venceu o Atlético em jogos do Brasileirão realizados na Arena da Baixada. Mais do que isso, a equipe não vence os paranaenses no Sul do País há 44 anos. Paquetá, porém, preferiu minimizar a estatística.

"Queremos a liderança e vamos entrar com força para buscar a liderança. Estar em primeiro é sempre bom. Não me importo com os tabus. Vamos lá focando no resultado positivo. Vamos competir, buscar a vitória", comentou.

O Flamengo, que avançou às semifinais da Copa do Brasil no meio de semana, é o vice-líder do Brasileirão, com 37 pontos. O Atlético ocupa posição simetricamente oposta da tabela, na penúltima colocação, dentro da zona de rebaixamento, com apenas 15 pontos.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.