Mauricio Mano/Athletico-PR
Mauricio Mano/Athletico-PR

Com dúvidas e sem Walter, Athletico-PR tem jogo complicado na luta contra degola

Na vice-lanterna, equipe de Paulo Autuori tem apenas 16 pontos e precisa da vitória para brigar contra o Z-4

Redação, Estadão Conteúdo

07 de novembro de 2020 | 13h07

O técnico Paulo Autuori tem alguns problemas para escalar o Athletico-PR na partida contra o Fortaleza neste sábado, às 18 horas, na Arena da Baixada, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador não poderá contar com o atacante Walter, que sofreu uma lesão no aquecimento do duelo contra o Flamengo. O jogador será preservado para voltar 100% nos próximos jogos.

Além disso, o treinador tem algumas dúvidas, até porque depende do departamento médico para escalar Nikão e Léo Cittadini. A dupla sequer viajou para o Rio de Janeiro para estarem liberados visando o confronto com o Fortaleza. Caso o primeiro não jogue, Carlos Eduardo formará o trio com Reinaldo e Kayzer. Já Christian é o substituto do ex-santista.

"Não há tempo para lamentações. Temos que pensar no jogo de sábado. O jogo contra o Fortaleza é extremamente importante para nós. É o começo do returno. Vamos analisar e ver quem poderá estar em campo para buscarmos a vitória", afirmou Autuori.

Há sete jogos sem vencer na competição, o Athletico aparece na vice-lanterna, com 16 pontos, a três de sair da zona de rebaixamento. A pressão aumentou ainda mais em cima do clube após a eliminação na Copa do Brasil diante do Flamengo, no meio da semana. No Brasileirão, vem de revés frente ao Sport, por 1 a 0.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.