Vitor Silva/Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

Com dúvidas no meio, Botafogo enfrenta Santos para seguir perto dos líderes

Eduardo Barroca tem expectativa que time suporte maratona de quatro jogos em 11 dias que começa neste domingo

Redação, Estadão Conteúdo

21 de julho de 2019 | 09h25

Tentando terminar mais uma rodada dentro da zona de classificação para a Copa Libertadores e procurando se aproximar dos líderes, o Botafogo vai com um dúvida no meio-campo para enfrentar o Santos no domingo, às 11h, no Engenhão, pela 11ª rodada. O treinador está entre João Paulo e Gustavo Bochecha no time titular.

João Paulo treinou durante a semana entre os 11, mas em vários momentos foi substituído por Gustavo Bochecha, que apareceu bem quando acionado. O treinador confirmou o retorno de Cícero, que foi liberado pelo departamento médico após se recuperar de dores musculares.

"Expectativa que a gente suporte bem essa maratona, quatro jogos em 11 dias. Não tenho a menor dúvida que a gente está preparado. Arranquei o couro deles forte e a gente está preparado. Espero que a gente consiga os resultados que nos interessam", afirmou o técnico Eduardo Barroca.

O treinador vê com grande expectativa o duelo frente a Sampaoli. "Vou ter a oportunidade de enfrentar um profissional do nível dele (Sampaoli), e o Santos, será uma experiência enriquecedora. Espero que a gente possa fazer uma grande partida. Tenho muita confiança no grupo do Botafogo", finalizou.

Há dois jogos sem vitórias, o Botafogo aparece com 16 pontos, sendo uma das surpresas deste Brasileirão. O objetivo é seguir entre os primeiros colocados após o duelo diante do Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.