Com dúvidas, Oswaldo mantém indefinição no Botafogo

O técnico Oswaldo de Oliveira tem algumas decisões a tomar para a semifinal da Taça Guanabara contra o Flamengo, domingo. Os volantes Marcelo Mattos e Renato treinaram nesta quarta-feira pela primeira vez após lesões musculares e são opções. O lateral-esquerdo Márcio Azevedo, em negociação com o Metalist, da Ucrânia, treinou pela manhã - não participou à tarde - e ainda é dúvida.

AE, Agência Estado

27 de fevereiro de 2013 | 20h06

Com relação a Mattos e Renato, a expectativa é que pelo menos um deles seja escalado no time titular, dada as dificuldades que o Botafogo tem enfrentado no aspecto defensivo. A participação de Azevedo é improvável.

Também é pouco provável a presença do zagueiro Antônio Carlos, com uma lesão muscular. O que deve promover o retorno de Dória. O jovem foi titular em grande parte do Brasileirão do ano passado, e cotado como revelação. Mas perdeu o posto com a chegada do veterano Bolívar.

Às vésperas do clássico, os jogadores do Botafogo já admitem ansiedade pela partida decisiva. "Quando são duas equipes grandes, elas entram para vencer. O Flamengo não vai entrar com o pensamento de empatar, mas não podemos ser hipócritas de dizer que eles não têm vantagem, porque têm", comentou, em referência ao fato de uma igualdade eliminar os botafoguenses.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoOswaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.