Rafael Ribeiro/Vasco
Rafael Ribeiro/Vasco

Com edema na coxa, Thiago Galhardo desfalca o Vasco na final da Taça Guanabara

Sem Thiago Galhardo, o técnico Alberto Valentim deverá optar por Bruno César, Lucas Santos ou Dudu para começar a partida

Redação, Estadão Conteúdo

16 de fevereiro de 2019 | 15h18

O Vasco terá o desfalque de Thiago Galhardo contra o Fluminense, pela final do Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca, neste domingo, às 17 horas, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. O meia faz tratamento para se recuperar de um edema muscular na coxa direita, mas foi vetado pelo departamento médico após o treino deste sábado, em São Januário.

 
Sem Thiago Galhardo, o técnico Alberto Valentim deverá optar por Bruno César, Lucas Santos ou Dudu para começar a partida
As demais peças no setor ofensivo - com Yago Pikachu, Marrony e Maxi López - não devem sofrer nenhuma alteração.

Autor do gol da vitória do Vasco no último confronto contra o Fluminense, no começo deste mês, Yago Pikachu vê equilíbrio entre as equipes, mas exaltou a mobilização da torcida vascaína como um fator de motivação.

"É um adversário que nós já conhecemos. Já tivemos a oportunidade de jogar contra eles, mas agora é decisão, não tem vantagem para nenhum dos lados. Acompanhamos a partida que eles fizeram contra o Flamengo e sabemos que se trata de uma equipe que tem qualidade. Estamos vendo a mobilização dos torcedores nas redes sociais e a procura de ingressos aqui em São Januário. Está sendo grande. Isso nos deixa ainda mais motivados para essa decisão", disse Yago Pikachu.

Com seis vitórias em seis jogos disputados, o Vasco possui a melhor campanha da competição estadual, com 100% de aproveitamento. Em 2019, o time carioca só não venceu o Juazeirense, fora de casa, pela primeira fase da Copa do Brasil, mas o empate por 2 a 2 classificou os vascaínos para o estágio seguinte do torneio.

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoYago Pikachu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.