Com Edmundo, Vasco recebe o Itabaiana na Copa do Brasil

Atacante treina com dedicação nos dias que antecederam a partida desta quarta e é confirmado

Agência Estado

26 de fevereiro de 2008 | 22h42

Depois de discutir com o técnico Alfredo Sampaio, o atacante Edmundo treinou com dedicação nos dias que antecederam a partida desta quarta-feira, contra o Itabaiana, às 20h30, no Rio, pela primeira fase da Copa do Brasil, e deverá ser titular. Como venceu o jogo de ida por 1 a 0, o Vasco joga pelo empate para avançar na competição, que classifica o campeão para a Libertadores. Derrota por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis. Qualquer outra vitória do Itabaiana faz a equipe sergipana seguir adiante. O veterano meia Beto e o volante Jonílson estão descartados pelo departamento médico. Jonílson tem uma entorse no tornozelo esquerdo, sofrida na semifinal contra o Flamengo. "Ainda está inchado e realmente não dá. Para (a estréia na Taça Rio, contra o Boavista) acho que não será problema", diz o jogador. Já o lateral-direito Wagner Diniz também voltou às atividades com bola na segunda-feira e provavelmente retomará seu posto no time titular.VascoTiago; Wagner Diniz, Jorge Luiz, Vilson e Calisto; Amaral, Leandro Bomfim, Morais e Alex Teixeira; Edmundo e Alan KardecTécnico: Alfredo SampaioItabaianaVinícius; Fabiano, Leo, Lima Baiano e Edson; Edu Pata, Cássio, Adeilson e Cleiton; Fabinho e HarleiTécnico: Marcos MagalhãesÁrbitro: Célio Amorim (SC)Estádio: São JanuárioHorário: 20h30 Wagner se recupera de uma lesão muscular na coxa direita desde o dia 10 de fevereiro e uma preocupação de Sampaio é que o jogador sinta a falta de ritmo de jogo. No entanto, seus substitutos estão muito abaixo de seu nível. Rodrigo Antônio e Marcus Vinícius não se estabilizaram no setor. Enquanto isso, o clube segue na tentativa de reforçar a zaga. O nome de Roque Júnior continua a circular nos bastidores vascaínos, mas o veterano zagueiro não ficou satisfeito por ter ouvido dizer que o vice-presidente de futebol do Vasco, José Luiz Moreira, não teria interesse em sua contratação. "Quero deixar claro que o Zé Luís foi quem me procurou. Se ele disse que 'desconhecia a negociação', tudo bem, eu sigo a minha vida e o Vasco segue a sua", comentou Roque Júnior.

Tudo o que sabemos sobre:
VascoCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.