Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians

Com elenco cobiçado, diretoria luta para evitar desmanche no Corinthians

Até o momento, deixaram o clube apenas Pablo e Guilherme Arana

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

28 Novembro 2017 | 11h01

A diretoria do Corinthians tem um grande desafio pela frente após a conquista do Campeonato Brasileiro. Vários jogadores estão sendo sondados por clubes do exterior e existe um temor dentro do clube de que um novo desmanche possa ocorrer, como aconteceu em 2015, quando conquistou o Brasileiro pela última vez. Entretanto, os dirigentes garantem que tudo será diferente.

+ Empresário de Pablo revela dívida do Corinthians, mas elenco nega

Até o momento, dois titulares já deixaram o clube, por motivos distintos. O lateral-esquerdo Guilherme Arana foi vendido para o Sevilla, enquanto Pablo não acertou a renovação de contrato, após uma longa negociação.

Além disso, a diretoria admite a possibilidade de perder mais dois ou três jogadores, mas garante que não deverá passar disso, pelo menos envolvendo os atletas mais importantes e que foram mais utilizados por Carille. 

+ Podcast Corinthians: fim da negociação com Pablo serve de recado para empresários

O Estado apurou que pelo menos cinco atletas foram sondados. Casos de Cássio, Balbuena, Maycon, Romero e Jô, mas ainda não chegaram ofertas oficiais por eles. 

Por outro lado, o clube ainda não acertou a contratação de ninguém, mas tem bem encaminhado três reforços. O zagueiro Marllon, o volante Renê Júnior e o atacante Júnior Dutra. Além disso, o volante Jean e o goleiro Douglas que estão emprestados para Vasco e Avaí, respectivamente, devem ser aproveitados em 2018.

 

Mais conteúdo sobre:
Corinthians futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.