Ian Kington/AFP
Ian Kington/AFP

Com elogios, técnico do Arsenal aprova estreia de Gabriel Paulista

Arsène Wenger aprova o primeiro jogo do zagueiro brasileiro pela equipe, na vitória sobre o Middlesbrough por 2 a 0 em Londres

Estadão Conteúdo

16 de fevereiro de 2015 | 16h21

Recém-contratado pelo Arsenal, o zagueiro Gabriel Paulista só ouviu elogios do experiente técnico Arsène Wenger após sua estreia, domingo, em um duelo válido pela Copa da Inglaterra. O tradicional time inglês venceu o Middlesbrough por 2 a 0 e avançou às quartas de final.

"Gabriel foi muito bem e se pode ver que tem grande potencial. Tem foco, rapidez e muita vontade de defender", enumerou Wenger. "Ele fez grandes recuperações dentro da área e acho que foi uma estreia muito positiva. Apesar do nervosismo, obteve grande performance."

Na avaliação de Wenger, a participação de Gabriel Paulista foi decisiva para a vitória do Arsenal sem sofrer gols. "Estou feliz porque não fomos vazados. Tivemos uma boa semana", comentou o treinador. 

Gabriel, que também atua como lateral, foi contratado pelo Arsenal no fim de janeiro. Ele deixou o Villarreal, da Espanha, por 11,2 milhões de libras (cerca de R$ 49 milhões). O brasileiro de 24 anos, natural de São Paulo, começou a carreira no Vitória, onde se destacou e atraiu o interesse do time espanhol. 

Agora, seu desafio será ganhar espaço na defesa do Arsenal, que disputa ainda o Campeonato Inglês e a Liga dos Campeões. Ele tem como principais concorrentes para as vagas da defesa os franceses Mathieu Debuchy e Laurent Kolscielny e o alemão Per Mertesacker.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.