Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Luis Fabiano dá adeus ao São Paulo com gol e emoção no Morumbi

Artilheiro é ovacionado pela torcida no último jogo pelo clube

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

28 de novembro de 2015 | 19h38

Luis Fabiano não joga mais pelo São Paulo. Um dos destaques da vitória por 3 a 2 sobre o Figueirense, no Morumbi, o artilheiro tricolor revelou, com muita emoção, que não atua contra o Goiás, domingo que vem, assim, neste sábado ele fez sua última partida pelo clube.

“Hoje foi meu último jogo e ficou marcado pela determinação e pela luta. Já deu para mim, não vou mais (jogar) e acredito que o São Paulo vai se classificar. Meu último jogo é no Morumbi, tinha que ser. É uma decisão em conjunto e foi combinado que se vencêssemos, eu não jogaria mais”, contou.

Luis Fabiano se despede do São Paulo com 352 jogos, 186 vitórias, 69 empates e 97 derrotas. Foram ainda 212 gols marcados, números que o colocam como o terceiro maior goleador da história do clube, atrás apenas de Gino (233) e Serginho Chulapa (242).

O dia foi de emoção para o atacante. Durante a execução do Hino Nacional Brasileiro, ele chorou ao ter seu nome gritado pelos torcedores. Pouco depois, fez o gol que abriu o placar e comemorou em cima do símbolo do clube.

“Uma emoção muito grande. Foram muitos anos de dedicação a esse time. Muito amor envolvido. Foi bom enquanto durou e sofrido, com amor e ódio. O que vale são as lembranças boas e agradeço ao torcedor pelo carinho. Obrigado e até breve. Espero voltar para ajudar um dia”, disse, com a voz embargada. O atacante ainda contou que quinta-feira deve anunciar seu destino, pois ainda está analisando propostas. A tendência é que ele vá jogar no Tianjin Songjiang, da China, time comandado pelo técnico Vanderlei Luxemburgo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.