Vitor Silva/SSPress/Botafogo
Vitor Silva/SSPress/Botafogo

Com Engenhão cheio, Botafogo busca vaga nas oitavas da Sul-Americana

Zé Ricardo tem sua primeira 'decisão' no novo clube precisando tirar desvantagem de 2 a 1 sofrida no jogo de ida

Estadao Conteudo

16 Agosto 2018 | 06h50

O Botafogo precisa de uma vitória por 1 a 0 sobre o Nacional, do Paraguai, nesta quinta-feira, às 19h30, no estádio Engenhão, para garantir vaga nas oitavas de final da Copa Sul-Americana. E a principal arma alvinegra não vai estar dentro de campo: os 37.500 ingressos foram vendidos de forma antecipada.

A expectativa é de muita festa no Engenhão, com direito a mosaico e faixas. Além disso, essa será a primeira vez que o estádio vai receber um público superior a 20 mil pessoas em 2018. O recorde é de 16.337 torcedores, contra o Vasco, pelo Campeonato Carioca.

O apoio das arquibancadas será essencial para o time carioca reverter a vantagem do Nacional, que no Paraguai venceu por 2 a 1 e joga pelo empate. Como marcou um gol fora de casa, o alvinegro precisa de uma vitória por 1 a 0. Se o resultado for igual, a vaga será decidida nos pênaltis. Quem passar encara o Bahia nas oitavas de final.

A última atividade do Botafogo antes da partida decisiva foi realizada na tarde desta quarta-feira e o técnico Zé Ricardo deixou claro que pretende manter a base que empatou com o Paraná, por 1 a 1, no último final de semana, pelo Brasileirão.

"Queremos observar os atletas. Fiz apenas um jogo e, apesar do resultado um pouco frustrante contra o Paraná, acreditamos que a equipe esteve por mais tempo equilibrada. Uma ou outra mudança que possa vir a acontecer será mais pontual", comentou o treinador, que segue sem poder com o atacante Kieza, lesionado.

Na quinta colocação do Campeonato Paraguaio, com seis pontos nas primeiras cinco rodadas, o Nacional defende uma invencibilidade de cinco jogos. O técnico Celso Ayala, ex-zagueiro de São Paulo e River Plate-ARG, não tem problemas para escalar a equipe, mas optou pelo mistério e não confirmou quem serão os 11 titulares.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.