Com erro do goleiro, Inglaterra perde para a Bielo-Rússia

Apontada como uma das favoritas ao título da Copa do Mundo da Alemanha, a seleção da Inglaterra decepcionou ao ser derrotada pela Bielo-Rússia por 2 a 1, nesta quinta-feira, em jogo amistoso realizado no Estádio Madejski, em Reading, ao oeste de Londres. Além de cometer um grave erro no primeiro gol dos rivais, o goleiro inglês Robert Green sofreu uma contusão e deverá ser cortado do elenco que vai disputar o Mundial.Contando com o apoio de sua torcida, a seleção inglesa, que atuou com um time repleto de reservas, consegui abrir o placar logo nos primeiro minutos de jogo. Após cruzamento da esquerda, o atacante Peter Crouch, que substitui o contundido Wayne Rooney, completou para o fundo das redes. Mas o juiz irlandês McKeown anulou o gol corretamente ao marcar impedimento.Os donos da casa conseguiram ficar à frente do marcador aos 34 minutos. Depois de uma cobrança de falta, o atacante Michael Owen, em posição irregular, cabeceou a bola na trave. Na seqüência, o meia Jermaine Jenas completou para o gol.Owen, que fraturou o pé no dia 31 de dezembro de 2005 e jogou apenas 29 minutos pelo seu time, o Newcastle United, foi o capitão do time neste confronto. No jogo desta quinta, o atacante Theo Walcott, de apenas 17 anos, fez a sua estréia com a camisa da seleção inglesa ao entrar no lugar de Owen no segundo tempo.A Bielo-Rússia, que não estará na Copa e ocupa a 65ª colocação no ranking da Fifa, chegou ao empate aos 5 minutos da etapa final. Em uma reposição de bola, o goleiro Robert Green pegou errado na bola e sentiu uma contusão, ficando deitado no gramado. Vitaly Kutuzov ficou com a bola e tocou para o fundo do gol vazio. Indignada pela falta de falta de "fair-play", a torcida inglesa vaiou muito o adversário.Os visitantes viraram o jogo aos 36 minutos. Após uma boa tabela próxima da área, Sergei Kornilenko chutou no canto esquerdo do goleiro Carson, que havia entrado no lugar do lesionado Green.RooneyO atacante Wayne Rooney foi submetido nesta quinta-feira a uma radiografia para diagnosticar a sua lesão no pé direito, sofrida há quase um mês. Os resultados serão enviados o médico-chefe da seleção, Lief Sward.Os resultados dos exames serão revelados somente nesta sexta-feira. Se o atacante do Manchester United estiver em boas condições físicas após o exame, ele poderá retomar os treinos leves. A data limite para que Eriksson decida inscrevê-lo ou não é 30 de maio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.