Marcos Brindicci/AP
Marcos Brindicci/AP

Com estádio lotado, Maradona comanda 1º treino no Gimnasia La Plata

Emocionado com os quase 30 mil torcedores, técnico promete ser linha dura: 'Aqui, quem não treina e quem não corre, não joga'

EFE, O Estado de S.Paulo

09 de setembro de 2019 | 08h47

O astro argentino Diego Armando Maradona comandou neste domingo o primeiro treino como técnico do Gimnasia La Plata, em atividade que foi aberta ao público, em um lotado estádio Juan Carmelo Zerillo.

"Quero prometer uma coisa a vocês: enquanto eu estiver dirigindo o time, todo o grupo será um exemplo. Por todo o carinho que vocês estão dando, eles farão algo mais para ganhar os jogos. E vamos ganhá-los", garantiu o eterno camisa 10 da seleção da Argentina, em discurso feito no gramado.

Cerca de 30 mil pessoas, todas sócias do Gimnasia, que ocupa a 18ª posição, entre 26 participantes do Campeonato Argentino, mas que corre risco de rebaixamento pela média das últimas temporadas, acompanharam de perto do trabalho de Maradona.

"Aqui, quem não treina e quem não corre, não joga. Quem vier aqui, terá dificuldades contra nós, fiquem tranquilos", prometeu 'El Pibe', prometendo ser linha dura com comandados e transformar o estádio do clube em caldeirão.

Na atividade, Maradona demonstrou dificuldades ao caminhar, já que passou por cirurgia no joelho direito há pouco mais de um mês. Para atravessar grandes distâncias no gramado, o antigo meia-atacante precisou ser transportado em um carrinho de golfe.

A chegada do ídolo mexeu com a torcida do Gimnasia, já que apenas três dias houve adesão de 2.200 novos sócios, e mais de mil regularizaram a situação cadastral, pagando antigos débitos, e o clube arrecadou 1 milhão de pesos (R$ 144,7 mil), com a venda de camisas com o número 10 e o sobrenome de 'El Pibe'.

A estreia de Maradona no comando do Gimnasia está marcado para o próximo domingo, quando o clube receberá o atual campeão, Racing, pela sexta rodada do Campeonato Argentino. / com informações da EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.