Com estádio lotado, Palmeiras espera Sport

O Palmeiras terá hoje à noite, às 21h40, uma prova de fogo em sua luta para voltar à Série A: enfrenta o Sport, única equipe a derrotá-lo durante a Série B no Parque Antártica - 3 a 2, na segunda fase. A torcida entendeu a importância da partida no Palestra e praticamente esgotou os quase 28 mil ingressos colocados à venda. Os dois times, que empataram na primeira rodada do quadrangular final, falam em vitória, mas o respeito fica claro nas declarações de jogadores e técnicos."Não adianta ficarem falando por aí que o Palmeiras é favorito para subir e se esquecerem que as outras equipes estão com o mesmo objetivo que a gente. O Sport, por exemplo, é um time muito bem dirigido, que já mostrou ter condições de nos vencer. O prognóstico para esta partida realmente é muito difícil", analisou o goleiro Marcos, que não foi convocado para defender a Seleção Brasileira nas partidas contra Peru e Uruguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo."Tenho certeza que será muito complicado, que o jogo será dificílimo, mas estamos tranqüilos", disse Hélio dos Anjos, treinador do time pernambucano, apostando no retrospecto de sua equipe diante do Palmeiras em São Paulo, onde venceu um jogo e empatou outro.Adãozinho foi confirmado no Palmeiras na vaga de Diego Souza, que está suspenso. O lateral Baiano, que era dúvida devido a uma fisgada na coxa direita sofrida diante do Botafogo, no sábado passado, treinou e garantiu sua escalação. "Vamos com calma, subindo um degrau de cada vez. Mas acredito que, se tivermos atenção, dificilmente perderemos. Só quero deixar claro que não há rivalidade contra o Sport. Há, sim, dois times que se caracterizam pela busca do gol", completa o atacante Vágner Love.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.