Com estreia de técnico, Inter joga para aumentar chances de ficar na elite

Resultado de rivais coloca ainda mais pressão nos gaúchos

Estadão Conteúdo

21 de novembro de 2016 | 07h45

O Internacional entra em campo nesta segunda-feira ainda mais pressionado para enfrentar o Corinthians, às 20 horas, no Itaquerão, no fechamento da antepenúltima rodada do Campeonato Brasileiro. Isso porque o Vitória goleou o Figueirense neste domingo por 4 a 0 e abriu três pontos de vantagem para o time colorado.

A equipe que contará com a estreia do técnico Lisca ocupa a 17ª colocação na tabela com 39 pontos, contra 42 do time rubro-negro baiano. O novo treinador, no entanto, evitou se preocupar com o rival e comandou o último treino antes do duelo no mesmo horário em que o Vitória enfrentou a equipe catarinense.

No trabalho, Lisca não confirmou a escalação da equipe, mas indicou que deve repetir a formação do empate por 1 a 1 com a Ponte Preta na última rodada, que custou o cargo de Celso Roth. O setor ofensivo deve ser formado por Eduardo Sasha, Anderson, Valdívia e Vitinho.

"Temos que mudar nossa forma de entrar em campo e fazer algo diferente. Agora é só isso o que importa. O Lisca nos apresentou uma ideia de jogo e vamos procurar colocar em prática", comentou o meia-atacante Eduardo Sasha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.