Com falha de goleiro, Atlético-GO cede empate ao Ceará

GOIÂNIA - Embalado nas últimas rodadas, o Atlético-GO desperdiçou nesta quinta-feira grande oportunidade de somar mais três pontos e ficar mais longe da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Jogando em casa, no Serra Dourada, o time goiano cedeu o empate, por 1 a 1, ao Ceará, graças a uma falha feia do goleiro Márcio no segundo tempo.

RUBENS SANTOS, Agência Estado

28 de outubro de 2010 | 23h27

Veja também:

SÉRIE A - tabelaClassificação | listaCalendário/Resultados

Com o resultado, o Atlético permaneceu na 14.ª posição, com 36 pontos, apenas dois a mais que o Vitória, primeiro time dentro da zona da degola. O Ceará soma 43 pontos, na 11.ª colocação, na zona de classificação à Copa Sul-Americana.

Mesmo motivado pela vitória sobre o São Paulo, no domingo, o Ceará entrou em campo com a defesa reforçada. Os três volantes escalados pelo técnico Dimas Filgueiras anularam as melhoras jogadas de ataque do Atlético.

Melhor em campo, o time goiano insistiu no ataque e, depois de seguidas finalizações, conseguiu furar o bloqueio rival. Aos 25 minutos, Thiago Feltri cruzou e Marcão cabeceou duas vezes para abrir o placar. Na primeira tentativa, os zagueiros rebateram e Marcão, no rebote, mandou no canto.

O ritmo foi mantido depois do intervalo. O Atlético pressionava em busca do segundo gol, acuando o time cearense. E, como aconteceu na primeira etapa, parava com frequência na boa marcação do Ceará. Juninho, aos 18, e Agenor, no minuto seguinte, levaram perigo ao gol de Michel Alves.

Depois de se segurar bem na defesa, o Ceará partiu para o ataque. E arrancou o empate em lance de bola parada. Aos 30 minutos, Geraldo foi derrubado por Pituca na entrada da área. Michel cobrou a falta rasteiro, sem perigo, mas o goleiro Márcio aceitou e viu a bola passar ao seu lado, para desespero da torcida local.

"Infelizmente, o Márcio, que tantas vezes nos salvou, foi infeliz e cedemos o empate", lamentou o meia Robston, ao final do jogo. "Não me lembro de ter tomado um frango clássico como o de hoje", disse o goleiro Márcio.

Na próxima rodada, o Atlético-GO enfrentará o Botafogo no Engenhão, na quarta-feira. E o Ceará vai receber o Flamengo, no Castelão, no mesmo dia.

ATLÉTICO-GO - 1 - Márcio; Adriano (Chiquinho), Gilson (Jairo), Daniel Marques e Thiago Feltri; Agenor, Pituca, Robston e Renatinho (Elias); Marcão e Juninho. Técnico: René Simões.

CEARÁ - 1 - Michel Alves; Boiadeiro (Careca), Anderson (Diego Sacoman), Fabrício e Vicente (Eusébio); Heleno, João Marcos, Michel e Geraldo; Magno Alves e Washington. Técnico: Dimas Filgueiras.

Gols - Marcão, aos 25 minutos do primeiro tempo. Michel, aos 30 minutos do segundo tempo; Cartão amarelo - Michel Alves (Ceará); Árbitro - Paulo César Oliveira (Fifa/SP); Renda - R$ 63.875,00; Público - 3.840 pagantes; Local - Estádio Serra Dourada em Goiânia (GO).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.