Com filhos de Simeone e Grondona, Argentina tropeça na estreia no Mundial Sub-20

Maior campeã da história do Mundial Sub-20 de Futebol, a Argentina decepcionou na sua estreia na edição 2015. Contando com um Simeone com a camisa 9 e um Julio Grondona como treinador, no banco de reservas, os argentinos ficaram no empate em 2 a 2 com o Panamá no principal jogo do primeiro dia da competição, na Nova Zelândia.

Estadão Conteúdo

30 de maio de 2015 | 10h00

Encostado no Atlético de Madrid depois de ser um dos destaques do San Lorenzo na conquista da Libertadores do ano passado, o atacante Ángel Correa marcou os dois gols da Argentina na madrugada (brasileira) deste sábado. O jogador não realiza uma partida oficial por clubes há mais de um ano. Escobar fez o gol que sacramentou o empate, aos 39 minutos do segundo tempo.

Na abertura do Mundial, a Nova Zelândia empatou sem gols com a Ucrânia diante de cerca de 25 mil torcedores em Auckland, no maior público de uma partida internacional na história do País. Também pelo Grupo A, os Estados Unidos, treinador por Tab Ramos, fizeram 2 a 1 em Mianmar.

Para fechar o dia, os ganeses comemoraram o empate em 1 a 1 com a Áustria, também em Wellington. Afinal, o gol que selou o resultado foi marcado de pênalti, aos 46 minutos da etapa final.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMundial Sub-20Argentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.