Washington Alves/Light Press/Cruzeiro
Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

Com focos distintos, Londrina e Cruzeiro lutam por vaga na final da Primeira Liga

Paranaenses lutam para se afastar da zona do rebaixamento; mineiros voltam atenções para a final da Copa do Brasil

Estadao Conteudo

03 de setembro de 2017 | 06h18

O Londrina vai com tudo em busca do título, enquanto que o Cruzeiro tem pretensões maiores na temporada. Com focos diferentes, os dois times fazem uma das semifinais da Copa da Primeira Liga neste domingo, a partir das 11 horas, no estádio do Café, em Londrina, no norte do Paraná. É um jogo só e em caso de empate a vaga será definida na cobrança de pênaltis.

Apenas na 13.ª colocação da Série B do Campeonato Brasileiro, o Londrina tem como principal meta escapar do rebaixamento e vê na Copa da Primeira Liga a chance de "salvar o ano". Por isso, o técnico Claudio Tencati vai utilizar o que tem de melhor. O time será o mesmo que venceu o Fluminense, nas quartas de final, por 2 a 0, também em casa.

"Temos mais dois jogos decisivos e vamos lutar pelo título. O título ainda está longe, mas quem sabe a gente não é agraciado por esse prêmio? Eu tenho falado para os jogadores que a Primeira Liga é como se fosse um prêmio. Temos que agarrar com as duas mãos esse prêmio, que seria algo inédito para o Londrina", disse Cláudio Tencati, em discurso motivador pra seus comandados.

O Cruzeiro, porém, parece não querer muito esse prêmio. Focado na final da Copa do Brasil contra o Flamengo e também na briga por uma vaga na Copa Libertadores de 2018 através do Brasileirão, o time mineiro vai com usar uma escalação bastante alternativa. Mas que venceu por 2 a 0 e eliminou o Grêmio da competição, em Belo Horizonte.

Para o técnico Mano Menezes, não é hora de usar todos os seus principais jogadores. "É hora de segurar mais gente. São momentos diferentes. Não pela facilidade que podemos encontrar a mais pelo fato do Londrina disputar a Série B. Não é isso, mas é diferente", afirmou o técnico mineiro, que ainda não definiu os titulares para o confronto.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.