John Sibley/Reuters
John Sibley/Reuters

Com força máxima, Liverpool se despede do Inglês antes de ir ao Mundial de Clubes

Líder da competição nacional, time de Jürgen Klopp enfrenta o lanterna Watford neste sábado

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de dezembro de 2019 | 04h30

Antes de viajar para o Mundial de Clubes, o Liverpool ainda precisa entrar em campo pelo Campeonato Inglês. Líder do torneio, o time recebe neste sábado, às 9h30, o Watford, que está na lanterna, no Anfield Stadium, pela 17ª rodada.

O Liverpool faz grande campanha na atual temporada e tem 15 vitórias e um empate no torneio. Lidera com 46 pontos, oito a mais do que o Leicester, o vice-líder. "Nós estamos com uma boa gordura na liderança, mas não o suficiente para transmitir nenhuma tranquilidade. Vamos ficar sem jogar na próxima semana e temos que manter uma distância saudável", comentou Mohamed Salah.

A partida é a despedida dos ingleses para a disputa do Mundial. Mesmo assim, o técnico Jurgen Klopp garante que o Liverpool vai continuar focado na competição nacional. Desta forma, o treinador deve colocar em campo força  máxima neste sábado. Segundo maior campeão nacional, a equipe não ganha o Inglês desde 1990. Pelo Mundial, o atual campeão da Liga dos Campeões estreia contra Monterrey, Al Sadd ou Hienghène no dia 18 de dezembro.

O Liverpool viaja a Doha com uma dúvida: o zagueiro Dejan Lovren sofreu uma lesão muscular na partida contra o RB Salzburg, na terça, foi vetado do duelo deste sábado e não sabe se vai se recuperar a tempo para a disputa do torneio no Catar. "Não temos uma estimativa de tempo para a sua recuperação", disse o técnico Jürgen Klopp

Lovren se machucou na vitória por 2 a 0 sobre o time austríaco, na terça, pela última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões. Ele deixou o gramado no começo do segundo tempo, em razão das dores. No jogo anterior, contra o Bournemouth, pelo Campeonato Inglês, ele já havia deixado a partida mais cedo por conta de cãibras. 

A delegação deve viajar entre sábado, após o jogo do Inglês, e domingo. Sem Lovren, Klopp fica com menos opções no setor. Antes ele já havia perdido Joel Matip, que se recupera de lesão no joelho. Assim, Joe Gomez deve formar a zaga titular com Virgil van Dijk nos próximos jogos. 

As lesões preocupam já que o Liverpool passará por uma maratona de jogos neste final de ano devido ao Mundial. Em dezembro, serão nove partidas em 25 dias. Klopp, contudo, evitou valorizar as seguidas baixas da equipe. "Não é a primeira vez que vivemos uma situação como essa. No ano passado, tivemos que improvisar Fabinho na zaga", recordou o treinador. O volante brasileiro, por sinal, está fora do Mundial por lesão. 

Apesar do calendário cheio, com jogos seguidos no Inglês, Liga dos Campeões e Copa da Liga Inglesa neste mês, o clube de Liverpool vai com força máxima para o Mundial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.