Divulgação
Divulgação

Com fraco futebol, Flamengo bate Orlando em jogo pelos 120 anos

Cariocas comemoram aniversário com 1 a 0, gol de Luiz Antônio

Estadão Conteúdo

15 de novembro de 2015 | 17h49

O espetáculo não foi um dos mais bonitos para se comemorar o seu aniversário, mas o Flamengo conseguiu vencer em um amistoso comemorativo pelos 120 anos do clubes, completados exatamente neste domingo. No estádio do Maracanã, no Rio, o time rubro-negro derrotou o Orlando City, time dos Estados Unidos em que atua o meia Kaká - que não esteve em campo por estar com a seleção brasileira -, por 1 a 0, mesmo apresentando um fraco futebol.

Com a equipe em má fase no Campeonato Brasileiro, apenas pouco mais de 10 mil pessoas foram ao Maracanã neste domingo. No torneio nacional, o Flamengo ocupa a 11.ª colocação, com 47 pontos, e tem chances mínimas de classificação à Copa Libertadores.

Nesta quinta-feira, o time da Gávea volta a campo e encara o Santos, atual quarto colocado do Brasileirão, às 22 horas, na Vila Belmiro, pela 35.ª rodada. O compromisso marcará o retorno do atacante Paolo Guerrero após os jogos com a seleção do Peru nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, que será na Rússia.

Em campo, o time titular do Flamengo castigou o torcedor no Maracanã. Nos primeiros 45 minutos de jogo, nenhuma chance de gol criada. E teve que contar com o goleiro Paulo Victor para não ir ao intervalo perdendo. Aos 29 minutos, Alan Patrick derrubou Adrian Winter na área, mas o pênalti foi mal cobrado por Bryan Róchez. Paulo Victor fez a defesa no canto direito baixo.

Para o segundo tempo, conforme divulgado na última sexta-feira, o técnico Oswaldo de Oliveira fez 11 substituições. O objetivo dele era que todos os atletas participassem da celebração pelos 120 anos do Flamengo, mas o time continuou jogando mal. O gol da vitória só saiu em um lance de sorte. Aos 24 minutos, Luiz Antonio cobrou falta e fez o gol contando com um desvio na barreira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolamistosoFlamengoOrlando City

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.