Com frango de Gomes, Chelsea vence e encosta no líder do Inglês

Com a vitória por 2 a 1, time azul mantém a perseguição ao Manchester United, agora a três pontos do rival

AE, Agência Estado

30 de abril de 2011 | 15h44

LONDRES - O goleiro Gomes voltou a ser determinante para uma derrota do Tottenham em um jogo-chave de sua equipe. Neste sábado, com mais um frango histórico do brasileiro, o time dele foi derrotado por 2 a 1 pelo Chelsea e vê cada vez mais de longe o sonho de voltar à Liga dos Campeões. O time azul, por sua vez, mantém a perseguição ao líder do Camponato Inglês, o Manchester United, agora a três pontos do rival, que joga no domingo contra o Arsenal.

Aos 44 minutos do primeiro tempo, quando o Tottenham vencia por 1 a 0 em Stamford Bridge, Lampard tentou um chute despretensioso de longe, Gomes ajoelhou para fazer a defesa e levou o típico frango, com a bola passando por entre suas pernas. Ele ainda se recuperou e salvou em cima da linha. O árbitro André Marriner também errou e marcou o gol, mesmo sem a bola ter ultrapassado completamente a linha de fundo. O que não abstém Gomes de sua quarta falha relevante na temporada.

A primeira foi contra o Manchester United, no primeiro turno. Ele imaginou que o árbitro havia marcado uma falta, pôs a bola no chão, se afastou dela e viu Nani não ter nenhum trabalho para roubá-la e marcar o gol. Depois, no jogo do primeiro turno contra esse mesmo Chelsea, ele frangou feio num chute de Drogba.

Na eliminação do Tottenham da Liga dos Campeões - resultado que ele não poderia evitar -, deixou passar por entre seus braços um chute fácil de Cristiano Ronaldo. A falha de Gomes neste sábado ofuscou o golaço de outro brasileiro, Sandro, que acertou um lindo chute de fora da área no ângulo direito de Cech, aos 18 minutos do primeiro tempo.

O jogo era movimentado, com o Chelsea procurando mais o gol. E o time da casa foi recompensado aos 43 minutos do segundo tempo. Anelka tabelou com Lampard e a bola sobrou na área para Drogba, que chutou torto. O erro se transformou em acerto, porque ela caiu nos pés de Kalou, que, impedido, empurrou para o gol vazio.

A vitória levou o Chelsea a 70 pontos, enquanto o Manchester United tem 73. Se o líder do Campeonato Inglês não for derrotado pelo Arsenal no domingo, tem a vantagem de jogar por um empate em Old Trafford no duelo direto pela liderança no final de semana que vem. Já o Tottenham fica em quinto, a quatro pontos do Manchester City, que tem um jogo a menos e é o quarto colocado.

A rodada teve ainda outros cinco jogos, com destaque para a derrota do Bolton para o Blackburn por 1 a 0, que impediu a equipe de entrar na zona de classificação à Liga Europa. O Everton, que hoje seria o dono da última vaga, só empatou em 1 a 1 com o Wigan.

A briga contra o rebaixamento se manteve igual, porque, além do Wigan, 18.º, o Blackpool, 17.º, também empatou na rodada, ficando no 0 a 0 com o Stoke City. Ambos têm 35 pontos. O Blackburn foi a 38 e se afastou um pouco da briga. Os demais times que tentam fugir da queda só jogam no domingo.

Veja também:

video ESPN VÍDEO: Com dois gols irregulares, Chelsea vence e coloca pressão no Manchester

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.