Com frio em Weggis, seleção se esconde na manhã de folga

O forte frio que faz em Weggis, nos Alpes suíços, na manhã desta quarta-feira (horário local), fez com que os jogadores da seleção brasileira se escondessem dentro de seus quartos do Park Hotel, apesar da folga concedida após a goleada sobre o Lucerne por 8 a 0, na terça, em Basiléia. Aliada aos 5ºC estava a chuva que cai na região há alguns dias. Como tinham a manhã livre, os atletas preferiram dormir mais um pouco.A tranqüilidade deverá terminar no período da tarde, quando está programado um treinamento no estádio Thermoplan. O mais provável é que apenas os jogadores reservas entrem em campo para uma movimentação rápida. Os titulares deverão encarar uma sessão de relaxamento na banheira à base de gelo. Essa é uma técnica usada pelo preparador físico Moraci Sant´Anna há alguns anos.A última semana em Weggis será completada com treinos na quinta, sexta e sábado. No domingo, a seleção fará mais um amistoso, o último antes da estréia na Copa do Mundo. O adversário será a Nova Zelândia, em Genebra. Em seguida, viagem à Alemanha, onde a equipe do treinador Carlos Alberto Parreira fará a preparação final em Konigstein (perto de Frankfurt). O primeiro jogo no Mundial será contra a Croácia, no dia 13, em Berlim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.