Marcelo Cortes/Flamengo
Marcelo Cortes/Flamengo

Com futuro em aberto, Jesus chega ao Rio nesta sexta para retornar ao Flamengo

'Tenho dois meses para decidir minha vida', disse o treinador português a jornalistas em Lisboa

Redação, Estadão Conteúdo

01 de maio de 2020 | 09h34

O técnico do Flamengo, Jorge Jesus, deixou Portugal nesta sexta-feira para voltar ao Rio e decidir seu futuro. O treinador passou o último mês em seu país natal devido à paralisação das competições no Brasil em razão da pandemia do novo coronavírus.

"Tenho dois meses para decidir minha vida", disse Jorge Jesus aos jornalistas presentes no Aeroporto de Lisboa, onde ele pegou um voo de volta para o Rio. "No momento, tudo está aberto", completou o treinador.

Jesus tratou com naturalidade um possível corte em seu salário. Por enquanto, o Flamengo ainda não reduziu os vencimentos dos jogadores e comissão técnica. Por outro lado, o clube carioca decidiu iniciar uma série de demissões de funcionários.

"Eu não sou diferente dos outros. Em todo o mundo, todos profissionais de todas as áreas estão discutindo reduções e comigo também será discutido, não tenho dúvidas sobre isso", declarou o comandante. O português tem contrato com o Flamengo até junho de 2020 e garantiu que uma possível redução salarial não será um obstáculo para acertar a renovação.

"O Flamengo me quer muito e isso é determinante na minha escolha", analisou o treinador, que acrescentou que o alto nível técnico da equipe e o carinho da torcida são os principais fatores que o motivam a continuar no time rubro-negro. "Não tenho, neste momento, nenhum outro projeto além do meu compromisso com o Flamengo", salientou.

O treinador campeão brasileiro e da Copa Libertadores não quis se posicionar sobre a retomada das atividades no Flamengo em meio à pandemia e com a quarentena no Estado do Rio de Janeiro e na capital ainda em vigor.

"Nós temos compromissos contratuais, ainda temos mais dois meses de contrato e o Flamengo marcou uma data para regressar e temos de o fazer. As nossas vidas profissionais, por causa da covid-19, tudo terá de ser vivido no dia a dia".

TESTES

O Flamengo vai começar a realizar testes da covid-19 nos integrantes da comissão técnica a partir desta sexta-feira. Os jogadores serão testados a partir de sábado. Como desembarca no Rio na noite desta sexta, a tendência é de que Jesus realize o exame no mesmo dia dos atletas.

"É óbvio que todos serão testados, e após esse primeiro teste, durante um período serão retestados para que a gente não tenha aquela janela imunológica que dizemos, onde aumenta o índice de falsos negativos. Independente da data de reapresentação dos atletas, eles passarão por todos esses procedimentos", disse Marcio Tannure, chefe do departamento médico do Flamengo.

O clube carioca pretende voltar às atividades aos poucos. Primeiro os treinos devem ser em pequenos grupos, em um ambiente aberto, até ser possível realizar as os trabalhos com o elenco completo. Isso ainda não é garantido, uma vez que as autoridades de saúde não deram o aval para as atividades serem retomadas e ainda não uma definição quanto ao retorno das partidas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.