Bruno Cantini/Atlético
Bruno Cantini/Atlético

Com futuro indefinido, Luan comemora assistências em goleada do Atlético-MG

'Não vou ser hipócrita de falar que não, recebi sim uma proposta do Corinthians e querendo ou não, deu uma balançada', revelou o atacante

Redação, Estadão Conteúdo

20 de janeiro de 2019 | 19h49

O Atlético-MG começou a temporada com o pé direito. Neste domingo, o time alvinegro fez logo 5 a 0 contra o Boa, pela primeira rodada do Campeonato Mineiro. Um dos grandes destaques desta partida foi o atacante Luan, que segue com o futuro indefinido e, mesmo assim, deu três assistências para gols e ajudou demais os companheiros na goleada.

"Não vou ser hipócrita de falar que não, recebi sim uma proposta do Corinthians e querendo ou não, deu uma balançada. De qualquer forma, sigo aguardando meus empresários para definir meu futuro. Enquanto isso, estou focado no Atlético-MG e estou feliz em poder seguir ajudando. Assim como aconteceu hoje (domingo), que dei três passes para gols", disse o velocista logo após o final da partida. "Meu jeito é esse, de servir meus companheiros. Claro que preciso fazer gol, mas dando assistência e jogando bem está de bom tamanho. A equipe jogou bem", finalizou.

Outro jogador que comemorou demais o resultado expressivo foi Ricardo Oliveira, que diferente de Luan, balançou a rede por três vezes. O goleador fez questão de ressaltar a entrega do grupo como um todo nessa primeira rodada. "Quero ressaltar o trabalho coletivo. São poucos dias de trabalho, uma pré-temporada intensa. Esse jogo ainda faz parte da programação. Primeiro jogo, fazer três gols, o time fazer uma participação dessas. Me sinto honrado e feliz. Essa vai ser minha vontade. Vou me entregar sempre", analisou.

O Atlético-MG se junta a Tupynambás, Cruzeiro e Patrocinense na liderança do Estadual, já que ambos também venceram em suas estreias. Na segunda rodada, o time alvinegro irá jogar fora de casa, quando encara a Tombense, em Tombos (MG), nesta quarta-feira, às 19h15, e no próximo final de semana faz o clássico contra o Cruzeiro.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.