Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Com Gabriel Jesus, Palmeiras recebe o Joinville na arena

Atacante é a principal atração da equipe alviverde

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

30 de agosto de 2015 | 07h00

Desde a primeira saída de Vagner Love do Palmeiras, em 2004, o torcedor não vai ao estádio com tanta euforia para ver um garoto oriundo das categorias de base em campo. Neste domingo, às 16h, no Allianz Parque, a história vai se repetir e os holofotes estarão em cima de Gabriel Jesus. Do outro lado, o Joinville tenta estragar a festa.

A expectativa em cima do menino já era grande e se tornou ainda maior após a atuação de gala contra o Cruzeiro, quando fez dois gols e deu assistência para o outro. O técnico Marcelo Oliveira, como um pai preocupado, garante o atacante de 18 anos no time titular, mas pede para manterem a cautela, principalmente nos elogios. 

“Ele foi importantíssimo e se destacou porque é um jogador que tem força e obediência tática. Temos uma preocupação em não exagerar nos elogios porque sabemos que ele tem uma carreira promissora, mas não pode ser a solução do Palmeiras”, avisou. 

Em relação ao time, único mistério desvendado pelo treinador é a escalação de Gabriel Jesus. Entretanto, a tendência é que ele faça, no máximo, uma alteração em relação ao time que derrotou o Cruzeiro. Lucas Barrios pode ser preservado para a entrada de Alecsandro no ataque. Arouca continua fora, com dores na coxa e Lucas sente dores no quadril e também está fora da partida. 

A novidade no banco de reservas será o volante Thiago Santos. Ele chegou do América-MG na semana passada como candidato a vaga de Gabriel, que só volta aos gramados no ano que vem, mas deve começar o jogo deste domingo como opção. 

O trio no meio formado por Amaral, Robinho e Zé Roberto deve ser mantidos. Marcelo Oliveira gostou da dinâmica da equipe e espera aproveitar a fragilidade do adversário para conseguir garantir o resultado já no primeiro tempo. A preocupação é apenas com a marcação, já que, como tem acontecido nos últimos jogos, o time se mostrou frágil no setor defensivo, mas ganhou bastante em criatividade com tal formação.

No Joinville, o técnico PC Gusmão não poderá contar com o lateral-direito Edson Ratinho, que não foi regularizado a tempo. O experiente atacante Marcelinho Paraíba está confirmado na partida.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS: Fernando Prass; João Pedro, Jackson, Vitor Hugo e Egídio; Amaral, Robinho, Zé Roberto, Gabriel Jesus e Dudu; Barrios (Alecsandro)

Técnico: Marcelo Oliveira

JOINVILLE: Agenor; Mario Sérgio, Bruno Aguiar, Guti e Diego; Anselmo, Naldo, Kadu e William Popp; Marcelinho Paraíba e Edigar Junio

Técnico: PC Gusmão

JUIZ: Bruno Arleu de Araujo (RJ)

LOCAL: Allianz Parque, em São Paulo

HORÁRIO: 16h

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolJoinvilleBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.