Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Com garantia de Vila lotada, Victor Ferraz descarta favoritismo do Palmeiras

Santos pode diminuir distância para o líder do Campeonato Brasileiro com vitória

Estadão Conteúdo

27 Outubro 2016 | 20h51

A torcida do Santos já esgotou os 11.500 ingressos disponibilizados para venda para o clássico contra o Palmeiras, sábado, na Vila Belmiro, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. De acordo com a diretoria santista, a carga total para o jogo é de 16.000 lugares, mas 4.500 deles são cativos ou de camarotes e não podem ser disponibilizados para venda.

O jogo é dos mais importantes para o Santos no Brasileirão. Não só por ser um clássico, também porque o rival é o líder do campeonato. Atualmente, nove pontos separam os dois times, distância que pode cair a seis se o Santos vencer em casa, mantendo seu bom embalo na competição. 

Para o lateral-direito Victor Ferraz, ainda que o Palmeiras seja o líder, não pode ser considerado favorito. A garantia de estádio cheio joga a favor do Santos, até porque, até o fim do ano, todos os clássicos paulistas devem ocorrer com torcida única.

"Não tem favorito, eles estão em uma grande fase, mas é muito difícil dizer que alguém vai vir aqui na Vila e ser favorito contra a gente. A gente espera estar em uma grande noite para vencer. A Vila lotada nunca é um problema para o Santos. A Vila lotada é completamente diferente, com 15 mil parece que tem 50 mil", comentou o jogador.

Também o volante Thiago Maia está ansioso. "Vai ser um jogo muito especial, não só para mim, como para todos. É um clássico e a gente tem que tomar cuidado porque sabemos que a equipe deles tem qualidade. Mas, é um confronto direto. Acho que vai ser bom esse jogo para a gente porque estamos brigando para chegar lá em cima."

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.