Com Gerson no ataque, Fluminense encara a Chapecoense no Maracanã neste sábado

O Fluminense recebe a Chapecoense neste sábado, às 21 horas, no estádio do Maracanã, no Rio, pela 34.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 43 pontos e na 12.ª posição, o time tricolor das Laranjeiras não tem mais maiores pretensões na competição. O clube catarinense, com 40 pontos, ocupa a 14.ª colocação e quer vencer para se afastar da zona de rebaixamento.

Estadão Conteúdo

07 Novembro 2015 | 07h49

Apesar de não ter muitas ambições no Brasileirão, o clube carioca conta com a motivação do técnico Eduardo Baptista. Para ele, uma sequência de vitórias nesta reta final do campeonato ajudará - e muito - na definição de como será o time em 2016.

"Uma das motivações é pensar que você está montando o grupo. Observamos todos os jogadores. Quem terminar bem o ano, pode já começar no time ano que vem. O Jonathan, por exemplo, eu já vinha observando, tem outros jogadores também. O time que acaba bem 2015 tem grandes chances de começar em 2016", afirmou o treinador, em entrevista coletiva.

Sem poder contar com o capitão Fred, o treinador optou por uma estratégia inusitada na escalação para a partida deste sábado. Ao invés de colocar um atacante de ofício no lugar do camisa 9 - há opções como Magno Alves e Wellington Paulista -, Eduardo Baptista preferiu avançar o meia Gerson.

A ideia é que ele atue com liberdade de cair pelos lados e será auxiliado por Vinícius, Gustavo Scarpa e Marcos Júnior, que comporão o meio de campo. O volante Jean substitui Pierre, suspenso. O lateral-direito Jonathan estreia neste sábado e Wellington Silva deve ser mantido na lateral esquerda.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE - Diego Cavalieri; Jonathan, Gum, Marlon e Wellington Silva; Jean, Cícero, Gustavo Scarpa, Gerson, Vinícius e Marcos Júnior (Osvaldo); Gerson. Técnico: Eduardo Baptista.

Mais conteúdo sobre:
futebol Brasileirão Fluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.