Com gol aos 50, Paysandu bate Vitória e assume vice-liderança da Série B

Os quase 20 mil torcedores que compareceram ao Mangueirão na noite desta terça-feira tiveram que esperar até os 50 minutos do segundo tempo para soltar o grito de gol que estava preso na garganta. No último lance do jogo, Carlinhos arriscou de fora da área e contou com um desvio para dar a vitória ao Paysandu sobre o Vitória, por 1 a 0, em duelo válido pela nona rodada da Série B.

Estadão Conteúdo

24 de junho de 2015 | 00h13

O resultado manteve os 100% de aproveitamento como mandante e ainda colocou o Paysandu na vice-liderança, com 19 pontos, um a menos que o Botafogo. Além disso, o time paraense não perde desde a segunda rodada. Por outro lado, o Vitória voltou a ser derrotado depois de quatro jogos e estacionou nos 16 pontos, deixando o G4 e caindo para o quinto lugar.

O primeiro tempo foi bastante equilibrado, com o Paysandu começando criando duas boas oportunidades, em cabeçada de Leandro Cearense e finalização de Yago Pikachu. Depois, o Vitória assustou com Rogério. O atacante recebeu passe de Escudero e bateu em cima de Emerson.

A resposta dos donos da casa veio com Aylon, que soltou a bomba de fora da área e Fernando Miguel espalmou com as pontas dos dedos. Nos minutos finais, o time paraense ainda reclamou de um pênalti não marcado em cima de Yago Pikachu.

O segundo tempo foi ainda mais equilibrado que a etapa inicial e o Paysandu teve boas oportunidades em finalizações de Jhonnatan e Leandro Cearense. No entanto, quase o time da casa é surpreendido nos minutos finais. Aos 43, David cabeceou e Emerson fez boa defesa. Na sequência, Elton recebeu cruzamento livre na pequena área e exigiu mais uma grande intervenção do goleiro bicolor.

Quando parecia que o jogo terminaria empatado, Carlinhos arriscou de fora da área, a bola desviou no meio do caminho no zagueiro Ednei e enganou Fernando Miguel. O gol deu a vitória aos donos da casa, aos 50 minutos e 55 segundos.

O Paysandu volta a campo na próxima terça-feira, contra o Atlético-GO, às 18h30, no Estádio da Curuzu, em Belém, pela décima rodada. No dia 4 de julho, o Vitória faz o clássico Ba-Vi contra o Bahia, às 16h30, no Barradão, em Salvador.

FICHA TÉCNICA:

PAYSANDU 1 X 0 VITÓRIA

PAYSANDU - Emerson; Yago Pikachu, Gualberto, Thiago Martins e João Lucas; Ricardo Capanema, Fahel, Jhonnatan (Misael) e Carlos Alberto (Edinho); Aylon e Leandro Cearense (Carlinhos). Técnico - Dado Cavalcanti.

VITÓRIA - Fernando Miguel; Diogo Mateus, Guilherme Mattis, Ednei e Diego Renan (Mansur); Marcelo, Flávio, Rhayner e Escudero (Léo Ceará); Rogério (David) e Elton. Técnico - Vágner Mancini.

GOLS - Carlinhos, aos 50 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues Guerra (SP).

CARTÕES AMARELOS Yago Pikachu, Gualberto, Ivan e Fahel (Paysandu); Marcelo (Vitória).

RENDA - R$ 337.440,00.

PÚBLICO - 19.293 pagantes.

LOCAL - Estádio Mangueirão, em Belém (PA).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVitóriaPaysanduSérie B

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.