Com gol contra, Figueirense surpreende favorito Cruzeiro

Considerado um dos favoritos ao título do Brasileirão, o Cruzeiro parou no Figueirense, neste domingo, e saiu derrotado por 1 a 0 do Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Os donos da casa, que retornaram à Primeira Divisão após o vice-campeonato da Série B em 2010, contaram com gol contra de Marquinhos Paraná para somar os primeiros três pontos na tabela.

JÚLIO CASTRO, Agência Estado

22 de maio de 2011 | 18h49

Embalado pelo título Estadual, o Cruzeiro teve dificuldade para impor seu jogo neste domingo. Chegou a dominar a maior parte das ações no primeiro tempo, marcado pelas poucas oportunidades de gol. O time visitante levou maior perigo no ataque, mas parou nas boas defesas do goleiro Wilson. O Figueirense, por sua vez, só ameaçou em uma jogada de Reinaldo, barrado pelo goleiro Fábio, convocado para a seleção brasileira nesta semana.

O panorama do jogo, porém, mudou completamente no segundo tempo. O Figueirense voltou revigorado e nos primeiros dois minutos encurralou o Cruzeiro em sua defesa. E foi após a terceira cobrança sucessiva de escanteio que o alvinegro abriu o placar. Fábio saiu mal do gol e mandou a bola contra a cabeça de Marquinhos Paraná, que rebateu para o fundo das redes: 1 a 0.

O gol acelerou a partida e assustou o Cruzeiro. Perdido em campo, o time do técnico Cuca abriu espaços na defesa. Preocupado, o treinador fez mudanças na equipe. Montillo, que pouco produziu devido à forte marcação, foi substituído por Ortigoza na metade do período. Roger e Marquinhos Paraná também foram sacados, porém a tentativa de mudar o quadro foi pouco produtiva.

Embalado, o Figueirense desperdiçou inúmeras chances nos 15 minutos finais. Na mais importante, aos 32 minutos, Wellington Nem puxou contra-ataque e serviu Reinaldo, que bateu cruzado e carimbou o pé da trave. O meia Héber também teve a sua oportunidade, mas esbarrou na tarde inspirada do goleiro Fábio.

O Cruzeiro respondeu aos 43, quando Thiago Ribeiro apareceu na pequena área para dividir com Bruno, mas o atacante mandou para fora, salvando a equipe catarinense. O time mineiro até que pressionou nos instantes finais para evitar a derrota, porém prevaleceu a eficiência defensiva do adversário para garantir os três pontos na estreia no campeonato.

Na próxima rodada, o Figueirense terá pela frente o São Paulo, sábado, no Morumbi. O Cruzeiro joga no dia seguinte, contra o Palmeiras, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG).

Ficha Técnica:

Figueirense 1 x 0 Cruzeiro

Figueirense - Wilson; Bruno, João Paulo, Edson Silva e Juninho; Ygor, Túlio (Coutinho), Maicon e Wellington Nem (Pittoni); Reinaldo (Lenny) e Heber. Técnico: Jorginho.

Cruzeiro - Fábio; Leandro Guerreiro, Gil, Léo e Gilberto; Marquinhos Paraná (Fabrício), Henrique, Roger (Dudu) e Montillo (Ortigoza); Wallyson e Thiago Ribeiro. Técnico: Cuca.

Gols - Marquinhos Paraná (contra), aos 2 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - João Paulo Goiano, Túlio, Heber, Bruno e Ygor (Figueirense); Léo, Leandro Guerreiro e Gilberto (Cruzeiro).

Árbitro - Gutemberg de Paula Fonseca (RJ).

Renda e público - Não disponíveis.

Local - Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.