Divulgação
Divulgação

Com gol contra no fim, Ponte Preta bate Botafogo-SP e entra no G-4 da Série B

Time da casa contou com a ajuda do zagueiro Gilson, que marcou o único gol do jogo já nos acréscimos do segundo tempo

Redação, Estadão Conteúdo

04 de setembro de 2020 | 23h56

Com um gol contra estranho no fim, a Ponte Preta venceu o Botafogo-SP por 1 a 0 no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. O triunfo desta sexta-feira fez a equipe voltar ao G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro.

O time da casa contou com a ajuda do zagueiro Gilson, que marcou o único gol do jogo já nos acréscimos do segundo tempo. Com o resultado, a Ponte chega aos 14 pontos, ocupando a terceira colocação. O Botafogo, sem vencer há quatro rodadas, é o 12º colocado com oito pontos.

No primeiro tempo, o Botafogo criou as melhores oportunidades e passou perto de abrir o placar, especialmente em uma jogada pela direita em que Luketa cruzou para Wellington Tanque. Sozinho na pequena área, o centroavante completou de primeira, mas mandou por cima do gol.

A Ponte Preta tentava responder em contra-ataques, mas sentia muita falta de algumas peças importantes que desfalcaram a equipe no meio-campo, como Camilo, machucado, e João Paulo, suspenso.

Na segunda etapa, a Ponte Preta conseguiu equilibrar as ações, mas ainda sofria com a falta de criatividade no meio-campo. As melhores oportunidades do time da casa eram construídas através de bolas paradas lançadas para a área, mas a defesa do Botafogo levou a melhor.

Em uma cobrança de escanteio, Yuri quase conseguiu abrir o placar, mas, quando a bola já tinha passado pelo goleiro Danrley, o zagueiro Robson apareceu para afastar em cima da linha.

Quando o empate já parecia certo, aos 46 minutos do segundo tempo, a Ponte Preta deu sorte e marcou o gol da vitória em lance muito estranho. O goleiro Ivan cobrou o tiro de meta para o campo de ataque e nenhum jogador da Ponte tocou na bola, ela chegou até o zagueiro Gilson, do Botafogo, que tentou recuar para o goleiro, mas acabou marcando gol contra.

Nos minutos finais, jogadores dos dois times ainda se desentenderam em uma confusão generalizada. Danrley, da Ponte Preta, e Edson Júnior, do Botafogo, foram expulsos antes do apito final.

A Ponte Preta volta a campo na próxima sexta-feira, quando enfrenta o Avaí, na Ressacada, em Florianópolis (SC), pela nona rodada da Série B. No sábado, dia 12 de setembro, o Botafogo encara o Náutico, no Estádio dos Aflitos, em Recife (PE).

FICHA TÉCNICA:

PONTE PRETA 1 x 0 BOTAFOGO-SP

PONTE PRETA - Ivan; Apodi (Danrley), Wellington Carvalho, Luizão e Guilherme Lazaroni; Dawhan, Luís Oyama (Bruno Reis) e Neto Moura (Yuri); Guilherme Pato (Osman), Matheus Peixoto e Moisés (Bruno Rodrigues). Técnico: João Brigatti.

BOTAFOGO-SP - Darley; Valdemir (Ferreira), Robson, Jordan e Gilson; Elicarlos (Walisson Maia), Victor Bolt (Dodô), Naldo (Edson Júnior) e Luketa; Wellington Tanque e Rafinha (Gabriel Calabres). Técnico: Claudinei Oliveira.

GOL - Gilson (contra), aos 46 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Luizão e Matheus Peixoto (Ponte Preta); Valdemir e Victor Bolt (Botafogo-SP).

CARTÕES VERMELHOS - Danrley e Wellington Carvalho (Ponte Preta); Edson Júnior (Botafogo-SP).

ÁRBITRO - Thiago Luis Scarascati (SP).

RENDA E PÚBLICO - Jogo sem torcida.

LOCAL - Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.