Rubens Chiri/ São Paulo FC
Rubens Chiri/ São Paulo FC

Com gol contra o Paraná, Nenê passa Diego Souza e assume artilharia do São Paulo

Gol diante do Paraná garantiu ao veterano a artilharia da equipe no ano, com 12 gols

Estadão Conteúdo

23 Agosto 2018 | 11h00

O empate em 1 a 1 com o Ceará na noite da última quarta-feira, em Curitiba, não foi satisfatório para o líder São Paulo. Individualmente, a partida, porém, foi especial para o meia Nenê, que, com o gol marcado, ultrapassou Diego Souza para assumir a artilharia isolada do time nesta temporada.

Nenê chegou a 12 gols, um a mais que Diego Souza, parceiro do meia dentro e fora de campo. Contratados no começo deste ano, os dois viraram amigos e se transformaram nos líderes da equipe que lidera o Campeonato Brasileiro.

Na competição nacional, Nenê também é o principal goleador. Balançou a rede oito vezes, enquanto que Diego Souza marcou sete tentos. Everton, que também chegou nesta temporada e completa o trio que se encaixou com facilidade, vem logo na sequência, com cinco gols. 

Já veterano, Nenê, aos 37 anos, atuou 39 vezes desde que chegou ao time paulista. Ficou fora de apenas duas partidas - CRB-AL (ficou no banco de reservas) e Internacional (cumpria suspensão) - e, também por isso, é um das lideranças da equipe. 

Nenê terá mais uma oportunidade de balançar as redes e melhorar sua marca no São Paulo no próximo domingo, quando o líder do campeonato, com 42 pontos, tenta manter a ponta diante do vice-lanterna Ceará, em duelo no Morumbi, às 11 horas, pela 21ª rodada do Brasileirão.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.