Rubens Chiri|Divulgação
Rubens Chiri|Divulgação

Com gol de Bruno, São Paulo vence em jogo-treino no Pacaembu

Atividade contra o Boa ocorreu no estádio para ambientação

Ciro Campos, Estadão Conteúdo

26 Janeiro 2016 | 13h02

O São Paulo ganhou nesta terça-feira pela manhã um jogo-treino contra o Boa por 1 a 0 no Pacaembu, com gol do lateral-direito Bruno. A comissão técnica marcou a atividade no local para ambientar o elenco ao campo, já que o estádio deve receber algumas partidas do time neste início de temporada enquanto o Morumbi passa por reforma para a troca do gramado.

A partida foi disputada sob forte calor com um tempo de 40 minutos, um intervalo de 20 e a etapa final de 35 minutos. Foi na segunda parte do treino que Bruno marcou o gol. A atividade foi acompanhada da arquibancada do estádio pela diretoria do São Paulo. O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, estava acompanhado pelo vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro.

Apesar da vitória, o São Paulo sofreu no começo. A compactação tão pedida pelo técnico Edgardo Bauza não funcionou corretamente e o Boa, recém-rebaixado à Série C, conseguiu aproveitar espaços deixados pelo agrupamento excessivo de jogadores na área central do campo. No primeiro tempo a equipe de Varginha chegou com perigo duas vezes e deu trabalho para Dênis.

Bauza escalou o São Paulo na mesma formação titular utilizada na estreia na temporada, na vitória por 1 a 0 sobre o Cerro Porteño, em Assunção. O time jogou com Dênis; Bruno, Rodrigo Caio, Breno (Lucão) e Mena (Carlinhos); Thiago Mendes e Hudson (Wesley); Michel Bastos, Paulo Henrique Ganso (Rogério) e Centurión; Alan Kardec (Kieza). No segundo tempo, o time melhorou, criou mais e chegou a acertar o travessão em falta cobrada por Kardec.

O jogo-treino foi o último teste antes da estreia oficial na temporada. No sábado o São Paulo vai até Campinas, onde enfrentará o Red Bull Brasil, no Moisés Lucarelli, pela primeira rodada do Campeonato Paulista. Quatro dias depois, o elenco vai até Trujillo, no Norte do Peru, para enfrentar o Cesar Vallejo, no jogo de ida da fase preliminar da Copa Libertadores.

O clube deve anunciar nesta terça-feira a contratação do argentino Calleri. O jogador de 22 anos chegou na noite de segunda ao Brasil e vai assinar contrato até junho, quando vai se transferir ao futebol italiano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.