Com gol de Caio, Botafogo derrota Volta Redonda

Mais uma vez, o amuleto de Joel Santana salvou o Botafogo de uma atuação pífia. O garoto Caio marcou aos 43 minutos do segundo tempo e garantiu a vitória por 1 a 0 sobre o Volta Redonda, nesta quinta-feira, no Estádio Raulino de Oliveira, pela sexta rodada da Taça Rio. Com o resultado, o Botafogo chega a 13 pontos no Grupo B e fica em posição muito confortável para alcançar as semifinais do returno.

AE, Agencia Estado

25 de março de 2010 | 21h53

"Gol de atacante. O Abreu desviou de cabeça e a bola sobrou para mim. Tive felicidade de fazer o gol em frente ao meu pai. Esse gol é para ele e minha mãe", comemorou Caio, nascido e criado em Volta Redonda.

A primeira etapa foi disputada de intermediária a intermediária. Muita disposição, muita marcação e pouco futebol. A bola pouco chegava às áreas. O Botafogo tentava impor seu ritmo, jogava fechado e saía nos contra-ataques. O Volta Redonda, por sua vez, buscava cadenciar o jogo, mas corria pouco risco.

O jogo, enfim, era um tanto tedioso, sem chances de gol. Loco Abreu, de volta ao time depois de cumprir suspensão contra o Flamengo, teve três oportunidades de cabeça. Mas as melhores chances foram de Herrera. A primeira, logo aos 4 minutos, foi parada pelo goleiro Everton. Na segunda, só aos 39, após boa troca de passes entre Lúcio Flávio e Somália, o argentino finalizou para fora.

O técnico Joel Santana esperou 20 minutos para ver se o Botafogo se ajeitava e encontrava a criatividade ofensiva que lhe faltava. Como isso não ocorreu, colocou o jovem Caio, desta vez no lugar do volante Sandro Silva, mandando o time para a frente.

De nada adiantou. Sua equipe continuava encontrando dificuldades no passe e finalizando muito pouco. Caio buscava sempre a jogada individual que é sua característica, mas não obtinha muito sucesso. Mas, aos 43, o rapaz viu a bola sobrar na grande área e, quase caído, finalizou para as redes.

O Botafogo volta a campo na próxima segunda-feira, para enfrentar o Boavista, fora de casa. O Volta Redonda receberá o Friburguense no domingo.

Ficha Técnica:

Volta Redonda 0 x 1 Botafogo

Volta Redonda - Everton; André, Alcir (André Gaúcho), Tiago Gaspari e Márcio Loyola; Paulinho, Léo Gonçalves, Márcio Guerreiro (Rodrigo Ítalo) e Bruno Barra; Adriano (Maciel) e Tácio. Técnico: Tita.

Botafogo - Jefferson; Antônio Carlos, Fahel e Danny Morais; Somália, Leandro Guerreiro, Sandro Silva (Caio), Lucio Flávio (Fábio Ferreira) e Marcelo Cordeiro; Herrera e Loco Abreu (Edno). Técnico: Joel Santana.

Gol - Caio, aos 43 minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos - Alcir, Leo Gonçalves, André Gaúcho, Tiago Gaspari, Bruno Barra (Volta Redonda); Marcelo Cordeiro e Somália (Botafogo).

Árbitro - Gutemberg de Paula Fonseca.

Renda - R$ 82.640,00.

Público - 3.239 pagantes.

Local - Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.