Luca Zennaro/AP
Luca Zennaro/AP

Com gol de Cristiano Ronaldo, Juventus vence e assume a ponta isolada do Italiano

Comandado pelo astro português, equipe de Turim precisa torcer contra a Inter para garantir a ponta da tabela

Redação, O Estado de S.Paulo

18 de dezembro de 2019 | 17h40

A Juventus está de volta à liderança do Campeonato Italiano. Agora de forma isolada, deixando a Inter de Milão para trás, com a vitória sobre a Sampdoria por 2 a 1, nesta quarta-feira, no estádio Luigi Ferraris, em Gênova, em jogo que abriu a 17.ª rodada, a última antes da parada para as festas de fim de ano. O astro português Cristiano Ronaldo mais uma vez foi decisivo e marcou o gol que garantiu o 13.º triunfo do time de Turim na competição.

Agora com 42 pontos, a Juventus abriu três de vantagem para a Inter de Milão na luta pela conquista da nono troféu consecutivo do Campeonato Italiano, o que aumentaria ainda mais o recorde de títulos. Mas a equipe de Turim terá agora que secar bastante o rival milanês, que entra em campo neste sábado contra o Genoa, no estádio Giuseppe Meazza, em Milão.

Do outro lado da tabela de classificação está a Sampdoria. Em uma temporada muito abaixo das expectativas, o clube de Gênova briga para fugir da zona de rebaixamento. Com a derrota desta quarta-feira, segue com 15 pontos na 16.ª colocação. Corre o risco de entrar na degola ao final desta rodada, que será finalizada no próximo domingo.

O jogo em Gênova começou com chances para as duas equipes. O goleiro Buffon salvou a Juventus ao defender uma cabeçada de Gastón Ramírez e do outro lado, aos 18 minutos, o argentino Paulo Dybala não perdoou e abriu o placar para os visitantes. O lateral-esquerdo brasileiro Alex Sandro inverteu o jogo com o meia, que bateu de primeira e marcou um golaço.

Show Player

A Sampdoria não se abateu e foi para cima em busca do empate. E conseguiu aos 34 minutos. Alex Sandro perdeu a bola e Gastón Ramírez aproveitou para se infiltrar na defesa adversária. Ele fez o passe, o lateral brasileiro tentou fazer o corte e a bola acabou sobrando para Caprari, que chutou forte para balançar as redes.

Só que a Juventus contou mais uma vez com o faro de artilheiro de Cristiano Ronaldo para fazer o gol da vitória ainda antes do intervalo. Aos 44 minutos, Alex Sandro fez o cruzamento e o português se adiantou à zaga para marcar de cabeça.

Na segunda etapa, a equipe de Turim preferiu se precaver mais na defesa e passou a explorar os contra-ataques. A melhor chance só apareceu no final, aos 44 minutos. Cristiano Ronaldo recebeu lançamento e ficou de cara com o goleiro Audero, que se adiantou e tentou tirar. O português fez o gol, mas logo anulado por posição de impedimento.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.