Com gol de Cristiano Ronaldo, Real abre vantagem no Espanhol

Com gol de Cristiano Ronaldo, Real abre vantagem no Espanhol

Artilheiro do Campeonato Espanhol com 29 gols, português encerra 'jejum' no Nacional que durava desde o dia 18 de janeiro

Estadão Conteúdo

22 de fevereiro de 2015 | 19h05

O Real Madrid venceu mais uma neste domingo e voltou a abrir vantagem sobre o Barcelona no Campeonato Espanhol. Aproveitando o vacilo do rival no sábado, o time madrilenho fez sua parte ao derrotar o Elche, por 2 a 0, e aumentou para quatro pontos a diferença para o rival catalão.

O Real tem agora 60 pontos, contra 56 do Barcelona. O time de Lionel Messi e Neymar tropeçou na rodada ao perder para o Málaga por 1 a 0, no sábado, em casa. O resultado deixou os líderes em situação mais tranquila, na aproximação da reta final da competição. O Elche, com 23 pontos, ocupa a 17ª colocação, uma posição acima da zona de rebaixamento.

O triunfo do Real neste domingo, contudo, foi mais sofrido do que o esperado. Apesar das boas chances na primeira etapa, o Real só balançou as redes depois do intervalo. No tempo inicial, Cristiano Ronaldo desperdiçou duas boas chances. Numa delas acertou a trave. Gareth Bale chegou a mandar para as redes, de bicicleta, mas a arbitragem anulou o lance.

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;

Na segunda etapa, a história foi diferente. Aos 12 minutos, Cristiano Ronaldo cruzou na área e Benzema aproveitou vacilo do goleiro Tyton para completar para as redes. Aos 24, o atacante português definiu o placar ao cabecear para o gol, após cruzamento de Isco.

Com o gol, Cristiano Ronaldo encerrou uma série de três partidas sem marcar no Espanhol, algo então inédito desde que chegou ao Real. Ele não convertia desde 18 de janeiro, quando fez dois contra o Getafe. Na próxima rodada do Espanhol, o Real Madrid vai enfrentar o Villarreal, domingo que vem, em casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.