Rui Vieira/AP Photo
Rui Vieira/AP Photo

Com gol de Gabriel Jesus, Manchester City vence e pode ser campeão no sábado

Novo triunfo levou equipe aos 84 pontos, com 16 de vantagem para o segundo colocado Manchester United

Estadão Conteúdo

31 de março de 2018 | 15h42

O Manchester City está a um passo de conquistar o título do Campeonato Inglês. Neste sábado, em duelo válido pela 32º rodada e disputado no Goodison Park, o time contou com um início avassalador, o que incluiu um gol do brasileiro Gabriel Jesus, para superar o Everton por 3 a 1.

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Inglês

+ Com marca de Lukaku, Manchester United bate Swansea e reassume 2º lugar do Inglês

+ Salah marca, Liverpool bate Crystal Palace e vira vice-líder provisório do Inglês

O novo triunfo levou o Manchester City aos 84 pontos, com 16 de vantagem para o segundo colocado, o rival Manchester United, que neste sábado fez 2 a 0 no Swansea. E como os rivais vão se enfrentar no próximo sábado no Etihad Stadium, uma vitória dará o título nacional ao City. Já o Everton, derrotado pelo líder, estacionou nos 40 pontos, na nona posição no Inglês.

Mesmo jogando como visitante, o Manchester City se lançou ao ataque e abriu o placar do duelo logo na sua primeira finalização, aos quatro minutos. E foi um lindo gol, de voleio de Sané, após o cruzamento de David Silva.

E não demorou para o time marcar novamente, dessa vez aos 12 minutos, em jogada iniciada com a saída de jogo de Ederson. O goleiro brasileiro acionou Sané, que passou para De Bruyne após chapelar o seu marcador. O belga cruzou para Gabriel Jesus, que cabeceou e viu o goleiro Pickford não conseguir fazer a defesa, com a bola tocando no seu ombro antes de entrar.

Com a larga vantagem, o Manchester City até diminuiu o ritmo, mas voltou a marcar ainda na etapa inicial, em mais uma jogada iniciada no seu campo de defesa, e novamente com a participação de Sané. Dessa vez, ele acionou David Silva, que cruzou para Sterling finalizar às redes, fazendo 3 a 0 em um primeiro tempo impressionante da equipe, o que incluiu uma posse de bola de 82%.

O Everton, que nesta temporada aposta em Wayne Rooney e viu o ídolo do United ter atuação discreta, era o único time que o City ainda não havia derrotado nesta edição do Inglês - no primeiro turno, as equipes empataram por 1 a 1 em Manchester.

O time da casa ainda diminuiu na etapa final, aos 17, numa jogada em que faltou um pouco de sorte a Ederson. Afinal, a finalização de fora da área de Bolasie tocou na trave direita e depois na esquerda antes de entrar. Mas foi pouco para impedir mais um triunfo do Manchester City, cada vez mais próximo de ser campeão inglês.

Isso poderá ser sacramentado no sábado, mas antes, na quarta-feira, o time vai visitar o Liverpool, o único time a derrotá-lo no torneio nacional, para o jogo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. O Liverpool, aliás, será o próximo adversário do Everton no Inglês, no próximo sábado, no Goodison Park.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.