Com gol de Gilberto Silva, Arsenal bate Reading na Inglaterra

Time londrino está em 3.º lugar na classificação e ainda longe do líder Manchester United, que só empatou

EFE

19 de abril de 2008 | 11h51

O Arsenal, que chegou a liderar a classificação do Campeonato Inglês e é o atual terceiro colocado, superou o Reading por 2 a 0 no Emirates Stadium, com um gol do volante brasileiro Gilberto Silva, pela 35.ª rodada, neste sábado. Veja também: Classificação / Últimos resultados / Próximos jogosO time de Londres decidiu o jogo já no primeiro tempo. Aos 30 minutos o atacante togolês Emmanuel Adebayor acertou um chute da pequena área para abrir o placar. Oito minutos depois, foi a vez do ex-volante do Atlético-MG ampliar, após receber passe do espanhol Cesc Fabregas. Outro brasileiro, o meia Denílson, ficou no banco após se recuperar de lesão no joelho. O Arsenal tem 74 pontos, quatro a menos que o Chelsea, faltando três rodadas para o fim da competição. O Reading é o 16º e ainda luta contra o rebaixamento. UNITED EMPATACom um gol do argentino Tevez aos 42 minutos do segundo tempo, o Manchester United arrancou um empate em 1 a 1 com o Blackburn na casa do adversário, e manteve a ponta da tabela. Jogando diante de sua torcida, no Estádio Ewood Park, o Blackburn abriu o placar aos 21 minutos do primeiro tempo, por meio do paraguaio Roque Santa Cruz. A equipe da casa até pressionou o Manchester, mas não chegou ao segundo. Porém, a equipe de Alex Ferguson conseguiu se salvar da derrota apenas no fim da partida, com Tévez. Após cobrança de escanteio, o ex-ídolo do Corinthians aproveitou confusão na área para marcar, de cabeça, e manter a equipe em boa situação na tabela. O Manchester chega assim aos 81 pontos e pode até se dar ao luxo de perder para o vice-líder Chelsea na próxima rodada, em Stamford Bridge, que seguirá na ponta - apesar da igualdade nos pontos, a equipe tem ampla vantagem no saldo de gols. Já o Blackburn permaneceu em nono, pois chegou aos mesmos 52 pontos do Manchester City com um jogo a mais. LIVERPOOL PERTOA quarta colocação é do Liverpool, que chegou aos 69 pontos com a vitória de 2 a 0 sobre o Fulham no Estádio de Craven Cottage, em Londres. Pensando no primeiro jogo com o Chelsea pela semifinal da Liga dos Campeões, o técnico espanhol Rafael Benítez deixou o artilheiro Fernando Torres no banco e nem relacionou o volante inglês Steven Gerrard, capitão da equipe. O goleiro Pepe Reina foi o único titular. Pennant, aos 17 minutos de jogo, abriu o placar para o Liverpool após passe do volante brasileiro Lucas. O autor do gol cruzou a gola para o atacante inglês Peter Crouch marcar o segundo, aos 25 da etapa final. O tropeço manteve o Fulham com 27 pontos, na penúltima posição e perto do rebaixamento. Também neste sábado, o Tottenham do lateral-esquerdo brasileiro Gilberto ficou no 1 a 1 com o Wigan fora de casa. O búlgaro Dimitar Berbatov colocou os visitantes à frente do placar aos seis minutos, mas Heskey empatou depois, aos 12. No Riverside Stadium, o Middlesbrough de Afonso Alves e Fábio Rochemback perdeu para o Bolton de 1 a 0, com gol de McCann; já o West Ham não teve problemas para superar o lanterna e já rebaixado Derby County em casa por 2 a 1. A rodada se completa neste domingo, com as partidas Aston Villa x Birmingham City, Manchester City x Portsmouth e Newcastle x Sunderland.Atualizado às 17h37 para acréscimo de informações 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.